Indaiatuba

Mau cheiro em córrego do Floresta Parque continua incomodando

Em meados de maio, a Tribuna divulgou a reclamação dos moradores do Condomínio Cocais I, referente ao mau cheiro e à sujeira do córrego que corre no Floresta Parque, localizado no Jardim Paulista. De acordo com um deles, até agora nada foi feito para amenizar a situação.

"O problema começou quando eles fizeram o canal por onde passa a água da chuva. Assim que atravessa a tubulação, que fica por baixo da pista de caminhada do Floresta, a água acaba ficando parada ali. E com o lixo que o pessoal costuma jogar ali, o cheiro fica insuportável", declara o morador Antônio Carcanesi.

Já na ocasião da primeira matéria, ele alegou que foi até a Prefeitura para pedir providências, pois ele e os vizinhos estavam também preocupados com a proliferação do mosquito da dengue. "Me indicaram para falar com o Ulisses, da Vigilância, mas ele disse que a água parada ali não representava perigo", lembra.

O local apontado por Antônio fica no final da Rua Moema, em meio à vegetação do Floresta Parque. "Muitos que costumam fazer caminhada ali reclamam do cheiro ruim, e o fato de alguns jogarem lixo nas proximidades do córrego agrava a situação. Ainda aguardamos o pessoal da Prefeitura para vir até aqui e ver como está a água", adiciona Antônio.

Ele acredita que uma porção de terra no local já resolveria o problema. "Se eles vierem aqui e jogarem terra já elimina o problema da água parada", sugere o morador.

Ineficiente

Questionada, a Secretaria de Obras e Vias Públicas (Semop), por meio da assessoria de Comunicação, respondeu que está avaliando uma solução para o problema. Segundo o técnico, apenas jogar terra pode não ser uma medida eficiente; no entanto, ele assegura que medidas cabíveis serão tomadas o mais rápido possível para resolver definitivamente a situação.

(Adriana Bumer Lourencini)


Fonte:


Notícias relevantes: