Indaiatuba

Advogado entrou com pedido de habeas corpus

A Tribuna esteve na Seccional e ouviu seu advogado, José Luís Oliveira Lima (que também defendeu o petista José Dirceu no processo do Mensalão), ainda na noite de quinta. "Não tive ainda acesso à decisão, mas, de qualquer maneira, eu tenho que frisar que essa decisão, que eu respeito, e como advogado tenho que respeitar, mas não posso concordar", afirmou.

"Uma vez que o prefeito já tinha se afastado do cargo. Protocolamos isso na Câmara e no Tribunal de Justiça, para que ele pudesse se dedicar exclusivamente à defesa. Portanto, me parece que essa decisão não encontra respaldo legal e nas provas da investigação", afirmou o advogado.

"Os advogados de nosso escritório em São Paulo estão tendo acesso à decisão e amanhã (sexta), eu entro com habeas corpus pedindo a liberdade do prefeito Reinaldo Nogueira".

José Luís Oliveira Lima negou ainda qualquer irregularidade no processo de desapropriação que deu origem à investigação. "Não há nenhuma irregularidade, nós temos laudo neste sentido. Não quero entrar exatamente no mérito da questão, porque não vi qual foi o teor da representação do Ministério Público. O que eu posso dizer é que nas conversas que eu tive com o prefeito Reinaldo, nas provas que vi carreadas na investigação, não há nada, absolutamente nada que pudesse incriminar o prefeito", afirmou. "Prefeito este que tem uma popularidade enorme na cidade, é respeitado na cidade de Indaiatuba, tem endereço fixo, é primário, se colocou à disposição da justiça e pediu o seu afastamento", prosseguiu, justificando a falta de necessidade em um decreto de custódia preventiva. "O que posso afiançar, nos diálogos que tive com o meu cliente, e que ele sempre registrou em nosso escritório, é que pautou a atividade dele, quer atividade pública, quer atividade privada, dentro da lei, dentro da ética".

 Áudios

Em áudio enviado ao WhatsApp da Tribuna na tarde de ontem, Reinaldo disse: "sei que tem muitos adversários que não gostam da gente, que faz tudo para nos prejudicar, mas soltar rojão em minha casa e na Prefeitura, comemorar todo mundo no bar à noite, isso aí são ações de pessoas que não gostam da cidade, não querem o bem da cidade".

Em outro áudio, enviado pela manhã e reproduzido pela TV Sol Comunidade e Tribuna em suas páginas no Facebook, Reinaldo se dirige ao pré-candidato Nilson Alcides Gaspar (PMDB), apadrinhado por ele para as Eleições 2016. "Gaspar, pode retransmitir isso 'pros' nossos vereadores e pré-candidatos a vereadores que estamos aí torcendo e, pode ter certeza, quem é forte, aguenta, e a gente vai aguentar e provar que não tem nada a ver isso que eles estão falando por aí", ressalta. "Até agora ninguém me ouviu, não sei com quem eu vou falar e que horas eu vou falar. É difícil aqui, viu. Temos que aguardar agora os advogados, que estão correndo atrás e a gente sabe que a Justiça nem sempre é tão rápida. Mas em breve estou aí e pode ter certeza que em breve estaremos andando todos juntos na rua".


Fonte:


Notícias relevantes: