Indaiatuba

Artesp lança edital de licitação para transporte intermunicipal rodoviário de São Paulo

A Artesp publicou, no dia 21 de junho, o edital de concessão do Sistema de Transporte Municipal de Passageiros do Estado de São Paulo. O documento considera viagens em todo o Estado e de alta demanda (Santos-São Paulo; Campinas, Jundiaí, Bauru-
São Paulo), e prevê uma completa atualização operacional para atender o desenvolvimento paulista.

O objetivo do novo modelo de gestão e prestação de serviços no transporte é o de trazer mais benefícios aos usuários. Segundo o edital, as linhas atuais serão mantidas; a frota deverá ser renovada ao longo da concessão; os veículos vão contar com wi-fi gratuito nas localidades com sinal de internet; e ao atendimento nos terminais será automatizado mais rapidamente. Nos ônibus que percorrem longas distâncias, será instalado ar condicionado.

O Sistema Intermunicipal será dividido em cinco áreas de operação a serem licitadas: Campinas, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto, Bauru e Santos. E todas as linhas intermunicipais serão licitadas, exceto nas regiões reguladas pela Empresa Municipal de Transporte Urbano (EMTU). Apenas para a área de operação 1, em Campinas, serão investidos R$ 93,3 bilhões. A concessão terá validade de 15 anos e, durante este período, as empresas terão de aplicar quase R$ 3 bilhões. As vencedoras serão conhecidas depois da conclusão da concorrência internacional.

As companhias, incluindo as atuais, poderão formar consórcios para a disputa, e a apresentação das propostas será no dia 25 de agosto de 2016, às 9h, na sede da Artesp. Desde 1989, o Sistema é operado por empresas permissionárias e, hoje, atende 153 milhões de passageiros por ano em percursos que atingem mais de 425 milhões de quilômetros.

Com a concessão, o Sistema se tornará mais dinâmico em relação aos horários, destinos, origens e itinerários de viagens. O novo modelo agrupa os 645 municípios paulistas em 56 polos, com duas partidas diárias para o polo ao qual está subordinado.


Fonte:


Notícias relevantes: