Indaiatuba

Em discurso, Ganem reforçou "cultura de paz" e falou em "realização de sonho"

Bruno aproveitou para relembrar seu início na política. "Vamos lutar por uma cidade mais humana, onde exista a cultura de paz. Um projeto onde as pessoas tenham realmente o melhor. Sabemos que este sonho está se tornando realidade a cada dia", destacou. "Voltando um pouco no passado, quando estava no Movimento Jovem, tínhamos um sonho e nos reuníamos no Casarão para discutir o projeto da Capital da Paz. Não sabíamos direito como e fomos buscar. Era um projeto de cidade que foi se abrindo à nossa frente, em uma sinergia incrível".

"Hoje vejo esta casa cheia e vejo que este sonho está cada vez mais fortalecido. E o que é este sonho na prática? Fazermos juntos a Indaiatuba que desejamos", ressaltou. "Para tirar do papel, precisamos ir às ruas. Mas a gente também precisa dar o devido valor aos técnicos, que trazem conhecimento e projetos que fazem os sonhos tornarem-se realidade. Trouxemos pessoas brilhantes e modéstia à parte, construímos um Plano de Governo que está realmente diferenciado".

Melhorias

Para o candidato, Indaiatuba tem muito a melhorar. "Nosso desafio é grande, porque Indaiatuba é uma cidade muito boa, mas sempre pode melhorar, com muita responsabilidade. Hoje, tenho a certeza que vamos começar aprimorando o que a cidade tem de problemas. Vamos mexer na saúde, pois hoje temos motivos para ter vergonha", enfatizou. "No ano passado, 34 crianças com menos de um ano morreram nesta cidade. Isso se resume em uma estatística que a gente chama friamente de mortalidade infantil".

Ele citou também as filas para cirurgias e exames no município. "Isso é contra ao que chamamos de uma cidade mais humana. Não vamos aceitar politicagem na saúde. Esperar e deixar gente morrendo na fila, esperando a benção de um vereador, isso não vamos aceitar. Por isso, é importante renovarmos a Câmara", lembrou. "Não precisa ser amigo do Bruno para marcar cirurgia. Pode gostar de mim, ou não, a saúde é para todos. A cidade é para todos. Não vou ser dono de Indaiatuba, o povo será. E a gente vai honrar esse povo".

O último item abordado foi habitação. "Estão mentindo aí fora, mas vamos manter o nível da campanha. Mas é muito importante que vocês saibam a verdade, pois ela está do nosso lado. Precisam saber que nos meus oito anos como vereador, sempre votei a favor da habitação, e seguirei lutando, valorizando quem mais precisa, com transparência, sem politicagem e para quem mora em Indaiatuba há mais tempo", ressaltou.


Fonte:


Notícias relevantes: