Indaiatuba

Novo conceito em comércio chega à cidade com foco social

COMÉRCIO

O casal de empresários Elisabete da Rocha dos Santos e Roberto Antônio da Silva traz a Indaiatuba um novo conceito de comércio, que reúne em uma única loja produtos dos mais diferentes segmentos. Com inauguração prevista para o dia 30 de julho, os empresários esperam pela parceria de artesãos, artistas, costureiros e pequenos empreendedores que desejam divulgar seu trabalho, mas não podem investir em espaço físico.

Basicamente, a loja é um estabelecimento comercial, com todos os benefícios de uma feira de artesanato, mas com uma organização dinâmica diferenciada. "As instalações físicas são compostas por caixas ou nichos de tamanhos variados; além de araras coletivas, suportes suspensos e pequenas mesas", detalha Roberto.

O casal busca parceria com vários perfis de expositores, que possuem marcas independentes, mesmo sem CNPJ, entre designers, artistas, artesãos, estilistas, costureiros, decoradores, crafters, hippies e donos de e-commerce. "A Kentaveno surge como um conceito de loja colaborativa, ainda muito recente no Brasil", explica Bete. "Nosso público-alvo é dos pequenos empreendedores que não têm condições de montar um espaço físico para expor e vender seus produtos e criações", completa.

Os empresários ressaltam que, por meio deste tipo de negócio, os parceiros poderão dedicar mais tempo para a qualidade de seu produto, enquanto eles cuidam de toda parte comercial e burocrática. "Esse parceiro será o criador das obras de artes, terá mais tempo livre e irá economizar muito na divulgação de seu trabalho", aponta Roberto.

O objetivo principal da Kentaveno é social, buscando auxiliar os microempreendedores no início, ou na alavancada, de seus negócios. "Apostamos em valores justos e custo baixo, divulgando ainda mais as marcas por meio de opções variadas disponíveis da loja, feiras ou espaços oficiais que possam surgir neste mercado das oportunidades das artes", esclarece Bete.


Fonte:


Notícias relevantes: