Indaiatuba

Assaltos constantes assombram pedestres

Os funcionários de centros de compras da Alameda Filtros Mann, no Jardim Tropical, estão bastante preocupados com a falta de segurança das vias no entorno. A pouca ou nenhuma iluminação favorece a ação dos bandidos, principalmente no final do expediente das lojas.

Há relatos de vários funcionários que afirmaram ter sido assaltados ou ameaçados; ou ainda, conhecem pelo menos um colega que tenha passado por apuros nesses locais.

"Há cerca de dois meses, uma funcionária foi assaltada aqui na rua lateral, logo depois de sair do trabalho, por volta das 23h", contou o agente de segurança do hipermercado, se referindo à Rua Ely Lopes de Souza.

Uma das colegas da garota disse que ela estava sozinha à ocasião. "Ela falou que tentou fugir do bandido, mas ele foi mais rápido e pulou na frente dela, tomando o celular e a bolsa", lembrou. A funcionária do hipermercado apontou também que a colega não conseguiu ver se o ladrão portava alguma arma.

Marcos Cunha, cliente da loja, reforçou os depoimentos dos colaboradores, afirmando que o local é realmente perigoso. "Teve uma vez em que tive que passar aqui para pegar umas coisas, e a loja estava quase fechando. O trecho é bem escuro, preocupando até quem está de carro, imagine para os que têm de fazer o trajeto a pé", comparou.

Registros

A Prefeitura informou, via assessoria, que a Guarda Civil (GCM) mantém viaturas de patrulhamento preventivo na região para efetuar a segurança da saída dos trabalhadores dos referidos comércios; e que o resultado tem sido positivo. Em 2016, foi registrado apenas um roubo na Rua Ely Lopes de Souza, que ocorreu no dia 17 de agosto; já em 2015, foram duas ocorrências dessa natureza, sendo que em uma delas o ladrão foi preso em flagrante pela corporação. Sobre a Rua João Gualberto de Matos, a prefeitura reitera que não houve ocorrências registradas nos últimos 20 meses; e, dessa forma, destaca a eficiência do planejamento de segurança nesses locais. Em relação aos horários da manhã, também não foram apresentadas queixas junto à GCM. A Secretaria de Segurança lembra ainda a importância de se efetuar o registro da ocorrência para que as forças policiais tenham subsídios, e possam atuar preventivamente.


Fonte:


Notícias relevantes: