Indaiatuba

Há menos de um mês para o Natal, consumidores começam a busca por enfeites

NATAL

Com a proximidade do Natal, muitas pessoas estão enfeitando as casas com os itens tradicionais da festa, entre eles, árvores (pinheirinhos), guirlandas e luzes. Desde o mês passado, as lojas especializadas já contam com diversos produtos para agradar a todos os gostos e bolsos.

A reportagem da Tribuna foi até algumas lojas da região central da cidade e encontrou vários modelos de itens natalinos. De acordo com os vendedores, os mais procurados pelos consumidores são as árvores de Natal e as luzes pisca. "O estoque estava lotado e já foi quase tudo embora", conta a vendedora Amanda. "Toda semana o dono da loja vai buscar mais e o pessoal compra mesmo; eles também procuram bastante os enfeites de bolas e as luzes", emenda.

Stephanie, colega de Amanda, lembra que a preferência dos clientes da loja é pelas luzes de cores branca e azul. "As árvores têm saído muito, e ainda são o enfeite favorito das pessoas", diz.

Contudo, a vendedora, que atua no ramo há cerca de um ano, comenta que o movimento este ano está mais fraco do que em 2015. "No ano passado, nessa época, eu estava vendendo bem mais coisas; a crise afastou um pouco os clientes", lamenta Stephanie.

Larissa Liu, proprietária de uma loja de artigos para presentes na Rua Padre Bento Pacheco também afirma que o movimento caiu. "No ano passado havia uma procura bem maior. Posso dizer que agora o faturamento caiu 30%, uma taxa relevante", considera.

Apesar da queda nas vendas, Larissa revela que as árvores de Natal mais caras são preferência dos consumidores. "Mesmo com a crise, em que as pessoas priorizam o pagamento de contas e dívidas, temos tido muita procura pelas árvores mais caras da loja", destaca. Os preços das árvores de Natal observados em várias lojas variam de R$ 5 até R$ 280, dependendo do modelo e do tamanho.

Inspiração

Com os aumentos constantes e a grana curta, as pessoas adquiriram o hábito de pesquisar preços - e os enfeites de Natal não fogem à regra. Rita de Cássia da Anunciação, moradora da Vila Vitória, conta que comprou a árvore no município de Salto. "Lá estava bem mais em conta", enfatiza.

Esta semana, ela retornou às lojas, desta vez em Indaiatuba, para comprar mais itens natalinos. "Acho importante preparar a casa para o Natal, pois traz alegria, e devemos nos sentir bem onde moramos. Além disso, temos a Anny Eloísa, de 10 anos, que está louca para montar a árvore - ela é nossa principal motivação para adquirir os enfeites". Rita fala ainda que deve gastar em torno de R$ 150 em todos os objetos. "Acho um valor razoável; poderia ser mais barato", comenta.


Fonte:


Notícias relevantes: