Indaiatuba

Aciai prorroga o Acertando suas Contas

A Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Indaiatuba (Aciai) decidiu prorrogar a campanha Acertando Suas Contas. A ação teve início em 1º de dezembro e tem o objetivo de facilitar as negociações entre consumidores e lojistas, possibilitando a regularização das dívidas.

Promovido pela Aciai, em parceria com a Boa Vista SCPC, este é o primeiro mutirão de renegociação de dívidas de Indaiatuba e está sendo realizado na própria sede da associação, com a presença de cinco lojistas. Os consumidores que conseguirem fechar uma nova negociação terão o nome limpo imediatamente.

Os interessados devem procurar a sede, na Rua Bernardino de Campos, 111, hoje, das 9h ao meio-dia, munidos de RG/CPF ou CNH. Mesmo com o fim da campanha, a Aciai atende permanentemente os consumidores que desejam quitar as dívidas, de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h. Para conhecer as empresas participantes e obter mais informações, acesse: www.aciai.com.br.

Condições acessíveis

De acordo com a Aciai, nos últimos cinco anos, o município acumulou débitos superiores a R$ 30 milhões. "Muitos lojistas estão recebendo os consumidores nos estabelecimentos, e as regras de negociação são as mesmas", garante Débora Rodrigues, gerente da Aciai.

Ela acrescenta dizendo que a principal vantagem do mutirão é a oferta de taxas de juros mais baixas. "Fica bem mais fácil para a pessoa renegociar a dívida e sair com o nome limpo", salienta.

Jair Sigrist, presidente da associação, lembra também que as pessoas vão ganhar ainda um livreto com dicas importantes para evitar novo endividamento. "É importante desenvolver uma educação financeira para não cair na mesma armadilha do crédito fácil", alerta.

Os consumidores vão receber a consulta gratuita do CPF para saberem quanto estão devendo e para qual credor. No caso das lojas que não estarão presentes na associação, os consumidores irão receber um voucher para negociarem diretamente com os lojistas.

Horário facultativo

Desde o início do mês, o comércio varejista passou a abrir em horário estendido para as vendas de Natal, com atendimento até as 22h durante a semana, e das 8h às 18h aos sábados. No final de semana que antecede o Natal, muitos lojistas irão abrir as portas também no domingo.

Entretanto, devido ao baixo movimento por conta da crise no País, nem todos os lojistas seguem a tradição de trabalhar até mais tarde. Alguns consideram que não compensa ficar até mais tarde por causa dos custos com energia elétrica; enquanto outros acreditam que, mesmo com o aumento desses custos, manter as lojas abertas após as 18h representa fatia considerável no faturamento de dezembro.


Fonte:


Notícias relevantes: