Indaiatuba

Tarifas de água e esgoto serão corrigidas em 7,87%

SAAE

As tarifas de água e esgotos cobradas pelo Saae (Serviço Autônomo de Água e Esgotos) serão corrigidas em 7,87 % de acordo com a variação do IPCA (Índice de Nacional de Preços ao Consumidor Amplo), segundo determinação da Agência Reguladora dos Serviços de Saneamento das Bacias dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí (ARES-PCJ), órgão que regula os serviços de distribuição e tratamento de água e esgoto, conforme a Lei Federal 11.445, de 5 de janeiro de 2007, e a Resolução ARES-PCJ 01, de 21 de novembro de 2011, após avaliação criteriosa dos relatórios de resultados e custos apresentados pela autarquia.

O usuário pagará a conta com reajuste em fevereiro, referente aos serviços prestados e consumo aferido em janeiro. A tarifa de água da cidade custeia a operação da captação, tratamento e distribuição de água. Já a de esgoto, subsidia a coleta, afastamento e o tratamento dos efluentes.

Segundo a assessoria da autarquia, o ajuste tarifário visa corrigir as distorções proporcionadas pela inflação, dando condições ao Saae demanter os serviços prestados à população.

A ARES-PCJ é um consórcio público de direito público, na forma de associação pública, criada nos moldes da Lei Federal 11.107/2005, que tem como objetivo realizar a gestão associada de serviços públicos, através do exercício das atividades de regulação e fiscalização, dentre elas a definição, fixação, reajuste e revisão dos valores das taxas, tarifas e demais serviços públicos de saneamento básico nos municípios consorciados, assegurando o equilíbrio econômico e financeiro.


Fonte:


Notícias relevantes: