Indaiatuba

Prédio de PSF no Itamaracá deve ficar pronto em 2018

A obra do novo prédio que abrigará o PSF (Programa de Saúde da Família) do Jardim Itamaracá já começou. A unidade de saúde que funcionará na Rua Henrique Mora, no Jardim Carlos Augusto Camargo Andrade, é construí-
da em parceria com o Governo do Estado, por meio do programa Saúde em Ação.
O investimento na obra é de R$ 3.092.679,35, com prazo de 15 meses para conclusão.

Indaiatuba também foi contemplada com a construção de outra unidade, no Jardim das Maritacas. O projeto prevê investimentos de R$ 82,2 milhões na região de Campinas. A assinatura dos convênios do Programa Saúde em Ação foi realizada em agosto de 2015 e os recursos para o município foram solicitados pelo deputado estadual Rogério Nogueira (DEM), informa a Secretaria de Comunicação.

Para a construção da nova unidade, Indaiatuba disponibilizou um terreno de 2.436,21m². Pelo projeto do Governo do Estado, o prédio terá 642,33m², com oito consultórios médicos e um odontológico, entre outras dependências como sala de vacina, salas para coleta de sangue, de procedimentos e para curativo, banheiros, sala de atividades coletivas; administração e recepção. A empresa responsável pela obra é a Engetal Engenharia e Construções.

Inicialmente, a cidade receberia do programa Saúde em Ação uma nova unidade de saúde no Camargo Andrade e os prédios do Parque dos Indaiá, Parque Corolla e Jardim Oliveira Camargo seriam reformados e ampliados. Recentemente, a Administração Municipal aceitou a proposta da Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo de trocar as reformas pela construção de uma unidade no Jardim das Maritacas.

Segundo informou o prefeito em exercício, Antônio Carlos Pinheiro (sem partido), a decisão de aceitar a troca proposta pelo Estado foi motivada pelo fato de que a nova UBS atenderá uma população aproximada de 20 mil pessoas, dos bairros Jardim Paulista, Jardim Paulistano, União e Jardim dos Colibris, que atualmente são atendidos pela UBS do Parque Corolla. "Decidimos que, nesse momento, seria mais oportuno implantarmos a unidade em um bairro ainda não beneficiado. Quanto aos projetos de reforma das unidades já existentes, o município deve assumir essas obras, oportunamente", declarou Pinheiro.

Saúde em Ação

O programa da Secretaria de Estado da Saúde prevê a realização de mais de 160 obras de construção e reforma de clínicas de saúde, construções de hospitais, ambulatórios de especialidades e CAPs localizados nas regiões de Bauru, Campinas, Vale do Ribeira, Vale do Jurumirim e Sorocaba.

O financiamento de 70% do valor será feito pelo BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento), com a contrapartida de 30% de recursos provenientes do tesouro do Estado. As regiões que irão receber os investimentos do BID foram escolhidas pela Secretaria após um estudo que teve como critérios questões epidemiológicas e necessidades regionais.


Fonte:


Notícias relevantes: