Placas de carros são furtadas e proprietários recebem ameaças no Bosque do Saber

Indaiatuba

Placas de carros são furtadas e proprietários recebem ameaças no Bosque do Saber

Ameaça

Algumas pessoas tiveram a placa de seus carros furtadas na terça-feira, dia 24, no estacionamento do Bosque do Saber.

Segundo as vítimas, nos carros estavam bilhetes que diziam que era para colocarem R$ 50 em uma sacola e deixar amarrada na árvore, "ou da próxima vez seria pior". Em outro bilhete, o valor pedido era de R$ 200 para a pessoa recuperar a placa.

A Tribuna conversou com uma das vítimas, que não quis se identificar, mas contou como ficou sabendo do furto da placa do seu carro. “Eu sou da área da educação e, em uma reunião de trabalho, no Bosque do Saber, deixei meu carro dentro do estacionamento, mas não vi segurança lá. Isso foi de manhã. Quando retornei, por volta das 12h10, sentei no banco do motorista e dei carona para uma amiga. Ela viu um papel que estava no lado de fora do carro e, quando lemos o bilhete, achamos que era brincadeira", lembra. "No papel estava escrito que eu teria que colocar R$ 50 na sacola que estava amarrada na árvore ou da próxima vez seria pior, e dizia que tinha roubado minha placa. Minha amiga foi ver e a placa de trás do carro estava lá. Já a placa da frente realmente tinha sido furtada”.

A vítima relatou que registrou a ocorrência e ficou com medo. “Eu fiz o boletim de ocorrência e infelizmente perdi a tarde, e tive o prejuízo de R$ 250 para trocar a placa. Fiquei indignada e não fui a única, mais duas pessoas relataram que quando deixaram o carro no estacionamento do Bosque, na tarde do mesmo dia, e também tiveram suas placas furtadas. E um dos carros ainda foi riscado”, diz. “A frente do meu carro estava voltada para rua e fora do estacionamento tinha uma sacola em um tronco de árvore, e com o vento reparei que não tinha nada dentro da sacola. Fiquei com medo porque a pessoa poderia estar nos observando”, afirma.

 

O caso

Segundo o delegado do 1º Distrito Policial da cidade, Danilo Amâncio Leme, o caso ainda não chegou até ele. “Ainda não despachei nenhum boletim de ocorrência neste sentido. Se no local que tiver acontecido o furto for monitorado por câmera, pediremos as imagens”, disse.

Questionada sobre o caso, a Prefeitura, por meio de sua assessoria de imprensa, respondeu que a Guarda Civil (GC) recebeu boletins de ocorrência com relato de dois casos e que reforçou o patrulhamento no local.

“A CG está com patrulhamento reforçado na região vistas à localização dos indivíduos, desde quarta-feira, dia 25. No entanto, a repercussão dos fatos possivelmente afugentou os suspeitos. Os seguranças que trabalham no Bosque do Saber têm como foco o prédio e as dependências internas do local. O estacionamento não possui câmeras de monitoramento, contudo, reforçamos que a GC está empenhada para a resolução do caso”, informou em nota.


Fonte:


Notícias relevantes: