Indaiatuba

Médico obstetra morre em acidente com barco no litoral

Na tarde do último sábado, o médico obstetra Mário Hiroshi Harima faleceu em Itanhaém, no litoral paulista, vítima de um acidente ocorrido com um barco de pesca, que se chocou com as pedras quando ia em direção ao mar.

Harima e outras sete pessoas estavam na embarcação, que navegava na praia Boca da Barra; com o impacto da colisão, todos foram arremessados na água. O acidente aconteceu aproximadamente às 14h40 do dia 11.

Informações fornecidas pelo Corpo de Bombeiros local apontaram que os oito tripulantes, sendo sete pescadores e um piloto, foram socorridos por outros barcos pesqueiros que estavam ali. Segundo os militares, a situação mais grave era a do médico, que havia se afogado. Os outros receberam atendimento e passam bem.

No momento da colisão, o obstetra estava de colete e foi resgatado pelo salva-vidas, que utilizou uma moto aquática da Unidade de Resgate e Salvamento Avançado (URSA). Ele foi levado para a faixa de areia, onde recebeu os primeiros socorros, pois apresentava parada cardiorrespiratória. Em seguida, ele foi encaminhado à UPA da cidade.

A prefeitura de Itanhaém comunicou que Harima deu entrada na UPA às 15h, sem vida. No mesmo dia, o Grupamento de Bombeiros Marítimo (GBMar) do município divulgou que alguns pedaços da embarcação ainda estariam boiando no local. A Capitania dos Portos de São Paulo informou ainda que peritos foram enviados ao local dos fatos.

As causas do acidente serão investigadas pela Marinha do Brasil, que irá instaurar um processo administrativo.

Legado

Harima tinha 62 anos e deixa dois filhos e três netos. Muito conhecido na cidade; sua morte gerou forte comoção e muitos expressaram os sentimentos nas redes sociais. O corpo chegou à Indaiatuba no domingo e o sepultamento foi realizado no final da tarde de ontem, no cemitério Jardim Memorial.


Fonte:


Notícias relevantes: