Indaiatuba

Objetivo celebra aprovações no vestibular

Se já é bom comemorar aprovações de vestibulandos alunos das 3ªs séries do Ensino Médio e dos Cursos Pré-Vestibulares, imagine a grata satisfação de comemorar essa mesma conquista com vários alunos que sequer concluíram o ensino médio. E não se trata de treineiros, os alunos aprovados das 2ªs séries do Colégio Objetivo Indaiatuba competiram como vestibulandos. Foi o que aconteceu com os onze alunos aprovados nas primeiras chamadas dos vestibulares da USP, Unicamp, Unesp, com destaque para Augusto de Mello Stedile e Alexandre Bérgamo dos Santos, aprovados em 1º e 2º lugares no curso de Física da Unesp.

Até o dia 22 de fevereiro, o Objetivo Indaiatuba contabilizava 213 aprovações nos vestibulares 2017, sendo 130 em universidades públicas, com destaque para as Engenharias, como a Engenharia Mecânica e Mecatrônica na USP e na Unicamp.

"O ambiente no Objetivo Indaiatuba é muito bom para estudar, tanto na sala de estudos, como na biblioteca, além do apoio dos professores e plantonistas que sempre fizeram o máximo para deixar o conteúdo o mais claro possível. Eu fiquei muito feliz quando saiu a lista da USP e vi que fui aprovado! Foi um sentimento de recompensa por tudo o que eu estudei, pelo meu esforço, pelo sacrifício dos meus pais e pela dedicação dos professores", comemora Yan Alves de Oliveira, do Curso Pré-Vestibular Extensivo Manhã, aprovado em Engenharia Mecânica na USP, Unicamp, Unesp e Unifei.

Para Débora Razori, psicóloga responsável pelo Núcleo de Apoio ao Vestibulando, outro fator tem contribuído para os resultados dos alunos do Objetivo nos vestibulares. "Com o trabalho que é desenvolvido no Colégio, criamos a cultura do preparo para o vestibular. Mostramos aos alunos que a preparação começa antes da 3ª série do ensino médio e nossas aprovações de alunos das 2ªs séries, nos principais vestibulares do país deste ano, apontam isso. A escola facilita a participação desses alunos nos processos seletivos, inclusive nas 2ªs fases, para que eles possam conhecer as provas e, assim, chegar na 3ª série mais preparados. Isso faz diferença!", afirma Débora.

As conquistas dos alunos nos vestibulares 2017 foram comemoradas na tradicional festa Cabeça-Dinossauro, especialmente voltada para ex-alunos, no dia 18 de fevereiro, no Colégio Objetivo Indaiatuba.

Little Maker

O conceito Maker está em voga nos países mais desenvolvidos tecnologicamente. Esse movimento, que fala sobre fazer você mesmo, trabalha uma habilidade que é natural do ser humano: a criatividade. Observando as crianças enquanto brincam notamos a facilidade que elas têm de inventar e criar. Entretanto, com o passar dos anos, ao se tornarem adultos, muitos deixam de lado essa aptidão.

Com o objetivo de estimular o processo criativo dos alunos desde cedo e torná-lo um hábito, o Colégio Objetivo Indaiatuba oferece a partir deste ano a Oficina Little Maker, para os alunos do período integral do ensino fundamental I.

Na metodologia Little Maker o conhecimento não é apresentado da forma tradicional, do professor para o aluno. Ela é baseada em um processo de descoberta e o professor atua como um "facilitador de conhecimento". As aulas acontecem numa sala exclusiva para a oficina, onde a tecnologia e a arte servem de ingredientes para a criatividade, e as ideias partem das próprias crianças. São trabalhados a organização e o planejamento das atividades, a coordenação motora, o trabalho em equipe, o aprendizado por erros e superação, o compartilhamento do conhecimento e o prazer da conquista. Para a execução dos projetos os alunos trabalham com materiais alternativos, que vão da sucata à eletrônica.

Com essa nova oficina, os alunos aprenderão tentando, errando, reavaliando, corrigindo e superando as dificuldades. O resultado é o prazer de construir a própria criação, o aumento da autoestima e da confiança e o aprendizado através do compartilhamento de informações e experiências.


Fonte:


Notícias relevantes: