Indaiatuba

Contratações temporárias caíram 5%

ECONOMIA

O estudo da CNC revelou ainda que o número de empregos temporários para o período deverá ser menor do que em 2016. O varejo deverá ofertar 10,7 mil oportunidades de trabalho, 5% menor do que na Páscoa anterior (11,3 mil vagas). Os supermercados irão absorver 60% da mão de obra.
A APAS complementa a informação com os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), que registrou incremento de 1,8 mil colaboradores em três anos. Todavia, o comportamento incerto do mercado de trabalho leva a crer que a geração de empregos nesta época será menor, totalizando somente mil novas vagas.


Fonte:


Notícias relevantes: