Indaiatuba

Baixas temperaturas servem como repelentes ao mosquito

Conforme apontado pelo MS, as altas temperaturas, aliadas ao clima úmido, favorecem a proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, chikungunya e zika. Contudo, a procura pelos aparelhos de ar-condicionado tem sido cada vez maior, não só para driblar o calorão, mas também para afastar os insetos.

Segundo Fábio Cassanti, diretor de uma empresa especializada em peças para manutenção de máquinas e refrigeradores, a procura dos consumidores por peças e pelo ar condicionado cresceu significativamente. "Vale lembrar que o ar condicionado apenas afasta o mosquito, mas não o elimina", alerta. "Além disso, os cuidados com o aparelho são fundamentais para que o objetivo seja atingido, caso contrário, a pessoa terá outros tipos de problema", completa Cassanti.

"As temperaturas abaixo de 24°C fazem com que as larvas demorem mais para se desenvolver, por isso, muitas pessoas têm optado pelo ar condicionado para manter os mosquitos longe. Mas é preciso dar atenção para isso também, pois, um ar condicionado em mau estado pode trazer outras complicações. A falta ou a manutenção precária torna o aparelho um reservatório de poeira, ácaros e bactérias. Depois de um tempo, se a taxa de renovação do ar for insuficiente, os filtros não conseguem reter as micropartículas, aumentando a concentração desses organismos nos ductos, favorecendo a proliferação e desencadeando as alergias", explica o especialista.


Fonte:


Notícias relevantes: