Indaiatuba

Com atraso de quase um ano, obras do CIE volta ao ritmo normal

A Secretaria de Planejamento Urbano e Engenharia ainda trabalha contra o tempo para entregar três obras de esportes: o Centro de Iniciação ao Esporte (CIE) que está atrasado há 11 meses; a quadra poliesportiva do XII de Junho, que atrasou quatro meses; e a quadra do Associação Amigos de Bairro XVI de Janeiro, que tem a promessa de ser entregue com três meses de antecedência.

 

A obra que ainda está atrasada é o Centro de Iniciação ao Esporte (CIE). A Secretaria emitiu no início de novembro de 2015 a Ordem de Serviços para a construção do CIE, nas dependências do Centro Esportivo do Trabalhador. A obra recebe investimentos de R$ 3.169.349,93, sendo R$ 3.011.238,32 referente ao convênio firmado com o Governo Federal. A empresa vencedora da licitação para a execução da obra foi a JDT Construtora e Incorporadora Ltda., que tinha o prazo de seis meses para concluir os serviços.

 

Porém, a obra seguiu em ritmo lento em 2016 e atrasou. Segundo a Pasta, o não cumprimento do prazo de entrega é devido atraso no repasse da verba por parte do Governo Federal. A Secretaria também informou no ano passado que em setembro de 2016 a prefeitura recebeu o valor da terceira medição e a empresa retomou os trabalhos no mesmo mês. Questionada novamente no inicio do mês, a Secretaria de Planejamento Urbano disse, por meio de sua assessoria de imprensa, que a obra está em fase de estrutura. “Os pilares foram concluídos e a estrutura metálica de cobertura deve começar a ser instalada nos próximos dias. Toda a estrutura é metálica e já se encontra em produção fora da obra”, disse. “A transferência de valores do Governo foi regularizada e o atraso na obra foi reflexo do atraso inicial dos repasses. A obra foi retomada e está em ritmo normal”, complementou a Pasta.

 

 

 

 

XII de Junho

Em outubro 2015, a Secretaria também deu início a construção de uma quadra poliesportiva coberta na Associação Amigos de Bairro XII de Junho. O prazo de construção desta primeira etapa era de oito meses. A quadra foi entregue em outubro de 2016, com quatro meses de atraso, mas ainda não pode ser usada. A Pasta informou que a quadra não começou a ser utilizada porque antes mesmo de ser totalmente finalizada, foi dado início à segunda etapa, executada integralmente com recursos próprios, para o fechamento, construção de vestiários, sanitários e arquibancadas. A secretaria também informou que A segunda fase acabou de ser concluída, então a quadra deve ser liberada em breve.

 

A Secretaria esclareceu que os pinheiros que estavam plantados dentro do clube precisaram ser retirados por colocar em risco a segurança dos futuros usuários do espaço. “As árvores estavam com todas as raízes comprometidas e havia risco de queda. Antes o espaço não estava sendo utilizado e, portanto, não foi constatado o problema, mas com o início das atividades seria imprescindível à remoção”.

 

A obra teve investimento de R$ 1.195.195,29. A construção da quadra recebeu um repasse do Governo Federal no valor de R$ 487.500,00, por meio de um convênio firmado com o Ministério de Esportes. Para essa primeira etapa de obras, a empresa vencedora da licitação foi a Tutida Construção e Manutenção Ltda. Já a segunda fase foi construída pela JCSA Construtora Ltda EPP.

 

 

 

XVI de Janeiro

A Secretaria de Planejamento Urbano e Engenharia também trabalha na construção de uma quadra poliesportiva e uma piscina coberta na área esportiva da Associação Amigos de Bairro XVI de Janeiro. A obra está em andamento desde o final de agosto de 2016. No local, também funcionará mais um núcleo de atividades da Secretaria Municipal de Esportes.

 

A ampliação recebe investimentos no valor de R$ 2.801.143,50, com prazo contratual de 12 meses para ser concluída. No inicio de abril, a Pasta informou que a obra está em fase final, tendo seu cronograma adiantado com previsão de entrega para o final do mês de maio.

 

 

 


Fonte:


Notícias relevantes: