Indaiatuba

Faturamento do Dia dos Pais deve cair para 2% este ano

Este ano, o faturamento do Dia dos Pais, celebrado em 13 de agosto, deve cair para 2% em relação ao mesmo período de 2016. A constatação é da Associação Comercial e Industrial de Campinas (Acic). O estudo revelou que o número de contratações no comércio também será menor.

Segundo o economista da Associação, Laerte Martins, no ano passado a taxa de faturamento era de 3,60%. "A redução se deve, em parte, à mudança do ICC desde abril, e na melhora dos indicadores da economia", salienta.

O faturamento na Região Metropolitana de Campinas (RMC) deverá ser de R$ 263,2 milhões (1,98% abaixo de 2016, com R$ 268,4 milhões). Em relação à contratação de mão de obra temporária, também haverá queda: em 2017, a expectativa é a de que sejam absorvidos 1.296 profissionais (menos 4% comparados com 2016, com 1.350 temporários).

Na contramão da pesquisa, a gerente da Etiqueta Modas, Lisneia Vieira, afirma que está otimista com as vendas para a data. "Agora, estamos com a liquidação de outono-inverno, que tem tido bastante procura dos clientes. Além disso, já trouxemos a coleção primavera-verão, com peças promocionais e preços bem atrativos", destaca.

A loja conta com itens como bermudas, camisas e camisetas polo que, de acordo com Neia, são os mais procurados. "Esperamos um aumento de público de 10% a 13%, em relação ao ano passado. Percebemos que os clientes não gostam de mesmice, por isso, para atrai-los, buscamos mudar constantemente as vitrines e o layout da loja", revela a gerente.

Martins acrescenta que o valor médio do presente para os pais ficou em R$ 105, e que os itens mais procurados são os de vestuário (calçados, gravatas e camisas); eletroeletrônicos (celulares e barbeadores); de perfumaria e assessórios (relógios).


Fonte:


Notícias relevantes: