Indaiatuba

17,2 mil alunos da rede estadual voltam às salas de aula na segunda

As aulas da rede estadual recomeçam na próxima segunda-feira para os 17,2 mil estudantes de Indaiatuba. O calendário é o mesmo nas unidades de ensino Fundamental, Médio e da Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Para ajudar o retorno à rotina de estudos e atividades de alunos e família, a equipe da Coordenadoria de Gestão da Educação Básica da Secretaria da Educação preparou uma série de dicas e orientações.

A primeira delas é estar atento ao relógio. Para que ninguém perca a hora nos primeiros dias, a sugestão é a de 'treinar' já no fim de semana; assim, o corpo se acostuma com a mudança. Programe o despertador e tente acordar mais cedo no sábado e domingo. A organização antecipada dos materiais, roupas, cadernos e estojo também evita correria na segunda-feira.

Outra ideia proposta é a de se criar um cantinho de estudos em casa. O espaço servirá para leitura e escrita, e também poderá aproximar a família do cotidiano escolar dos filhos. "A participação da família é fundamental para a aprendizagem de crianças e jovens. Por isso, é preciso ficar atento às reuniões organizadas pelas escolas", diz o professor Herbert Gomes da Silva, diretor do Centro deEnsino Fundamental Anos Finais e Ensino Médio da CGEB.

A CEGB também sugere outras dicas para o segundo semestre. Uma delas diz respeito à participação dos pais na vida escolar dos filhos, por meio das ações do projeto Gestão Democrática. Já o programa Escola da Família, presente em 2,2 mil unidades, é um espaço de lazer, cultura e capacitação para comunidade e moradores dos bairros do entorno.

Os alunos que prestarão vestibular para 2018 podem reforçar o que aprendem na escola com o Cursinho Pré-
Vestibular Online da Secretaria. O acesso é gratuito e basta que o estudante tenha em mãos o Registro do Aluno (RA). Ex-alunos também podem utilizar a ferramenta.

As aulas dos Centros de Estudos de Línguas (CELs) também voltam no dia 31 de julho. Confira os horários e turmas na própria escola. E os que estiverem fora de rede ou veio de outro Estado durante as férias ainda pode se matricular em qualquer unidade de ensino mais próxima da nova residência. A regra vale também para a EJA.


Fonte:


Notícias relevantes: