Indaiatuba

Indaiatuba fará provas do vestibular da Unicamp

EDUCAÇÃO

Indaiatuba irá aplicar as provas do vestibular da Unicamp. A novidade foi anunciada pela instituição no início desta semana. De acordo com a Comissão Permanente para os Vestibulares (Comvest), o motivo é o fato de haver quantidade considerável de inscritos na cidade para o vestibular da Unicamp.

Além de Indaiatuba, as cidades de Valinhos, Belo Horizonte e Fortaleza irão aplicar os exames. Os locais foram escolhidos após uma pesquisa feita pela universidade sobre os candidatos às vagas. A Comvest acrescenta que o número de inscritos chega a mil, e que, com as provas sendo realizadas nos municípios, o total de participantes deverá ser ainda maior, já que os vestibulandos não precisarão mais se deslocar até Campinas.

A decisão de ampliar as provas para outras cidades foi pensado com o intuito de possibilitar o número maior de vagas no futuro. “Com esta pesquisa a Unicamp julgou interessante e viável a realização das provas nos municípios. Com isso, não sobrecarrega Campinas, e os candidatos de outras regiões também serão beneficiados”, esclarece Juliana Sangion, assessora da Comvest.

Ela também alerta que Indaiatuba só aplicará a primeira fase das provas; assim, os que passarem para a segunda fase terão de fazer a segunda fase dos exames diretamente na Unicamp. “O número de inscritos na primeira fase é grande, mas, depois esse total cai consideravelmente. Por isso, os aprovados para a segunda fase já sabem que têm de vir para Campinas”, esclarece a assessora.

No estado de São Paulo, as cidades que já contam com as provas da Unicamp são: Araçatuba, Avaré, Bauru, Botucatu, Bragança Paulista, Campinas, Capital, Franca, Guaratinguetá, Guarulhos, Jundiaí, Limeira, Marília, Mogi das Cruzes, Mogi Guaçu, Osasco, Piracicaba, Presidente Prudente, Registro, Ribeirão Preto, Santo André, Santos, São Bernardo do Campo, São Carlos, São João da Boa Vista, São José do Rio Preto, São José dos Campos, Sorocaba e Sumaré.

Sobre o local exato dos exames no município, a assessora do Comvest comenta que ainda não foi definido, já que se trata de um fator que depende do número de inscritos. Conforme o calendário, a divulgação está prevista para 27 de outubro.


Fonte:


Notícias relevantes: