Indaiatuba

Parada do Orgulho LGBT espera reunir 20 mil pessoas no dia 10

conscientização

A oitava edição da Parada do Orgulho LGBT de Indaiatuba acontece no próximo domingo, dia 10, com mudança de local. Neste ano, a concentração volta para a Praça Prudente de Moraes. A Parada terá início às 13h e segue até a Concha Acústica, no Parque Ecológico, onde serão realizados os shows com drag queens e DJs. O tema desta edição é "Buscando nossas Semelhanças e Celebrando nossas Diferenças".

Como nas edições anteriores, a Parada marca o encerramento da 8ª Semana do Orgulho LGBT, que integra o calendário municipal. A programação tem início na segunda-feira, dia 4, com a Campanha contra Homofobia; na terça, dia 5, acontece a palestra sobre Avanços nos Direitos da Diversidade Sexual; na quarta, dia 6, o evento segue com campanha de saúde; na quinta, dia 7, será promovida atividade cultural com apresentações e shows; e na sexta, dia 8, acontece a Pré -Parada.

Wellyton Ribeiro, idealizador da primeira edição da Parada e atual membro da comissão, revela que a divulgação da 8ª Semana do Orgulho LGBT será intensa. "Fazemos esse trabalho pela cidade toda com a nossa equipe de organizadores. Não tem um ponto específico onde iremos ficar, vamos estar nas praças do centro, Distrito Industrial e demais locais", explica.

O presidente da Parada, João Paulo Lisboa, ressalta que a palestra que acontece terça-feira, no auditório da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), é gratuita. "Neste dia vamos discutir o caso da mudança de nome, como do Taylor, vamos falar dos direitos humanos e um pouco das conquistas que tivemos de alguns anos para cá", ressalta. "Este ano não teremos palestra de saúde, como sempre fazemos, porque vão poucas pessoas. Conseguimos buscar um público maior e fazer um trabalho melhor com a campanha, por isso, estamos fazendo um trabalho de ir até eles", acrescenta.

Ribeiro lembra que o único evento com venda de convites é a Pré-Parada. "Os artistas vêm como voluntários, mas contribuímos com eles na ajuda de custo. Por isso, e para cobrir os gastos dos eventos, na Pré-Parada pedimos uma pequena contribuição de R$ 15. Esses ingressos estão sendo vendidos e cada participante pode levar sua bebida neste dia", destaca.

Alteração

O organizador explica ainda que a mudança de local foi um pedido dos participantes. "O pessoal reclamou da mudança do ano passado, porque as pessoas que são de outra cidade e vem de ônibus à Indaiatuba tiveram que pegar táxi para chegar até o barco. No Centro era mais fácil para se localizarem e mais perto. Então, atendemos aos pedidos dos participantes", conta. "A concentração será na Praça Prudente de Moraes e de lá iremos até a Concha Acústica, onde teremos apresentações de artistas de Indaiatuba e região".

Segundo o presidente da Parada, a expectativa é atrair 20 mil pessoas no domingo. "Uma coisa que gostamos muito é que, na Parada, temos a presença de famílias. Com isso, a criança vai crescendo com a visão de não ter preconceito, que somos todos iguais", aponta. "Hoje, as coisas estão muito mais fáceis do que quando iniciamos, há oito anos. As pessoas estão abrindo um pouco mais a mente e estão mais abertas ao debate. Isso está ajudando os homossexuais a assumirem sua realidade, se assumir com características, porque não é só falar que é homossexual. Hoje conseguimos abrir um pouco mais a mente, não só das pessoas que queiram se assumir, mas da família também", comenta Lisboa.


Fonte:


Notícias relevantes: