Indaiatuba

Campanha de segurança no trânsito é lançada

Programação

A programação da Semana Nacional de Trânsito foi divulgada esta semana, na última terça-feira, quando o prefeito Nilson Gaspar (PMDB) reuniu a imprensa para compartilhar os detalhes da programação, realizada entre os dias 18 e 25 de setembro.

O tema da campanha Pare para o Pedestre. É Seguro. É Gentil. É Lei foi desenvolvido junto à equipe do Observatório Nacional de Segurança Viária (ONSV), e tem o objetivo de incentivar os motoristas a respeitarem os pedestres, além de orientar a estes últimos para que utilizem a faixa de segurança durante as travessias.

A programação será aberta às 14h da próxima segunda-feira, com a palestra Harmonia no Trânsito, ministrada pelo Centro de Treinamento da Honda, no auditório da Fundação Indaiatubana de Educação e Cultura (FIEC). Além disso, durante toda a semana haverá também abordagens educativas a pedestres e condutores de veículos.

José Aurelio Ramalho, presidente do ONSV, esteve presente no encontro, e destacou que Indaiatuba foi a primeira cidade a receber o selo Município Laço Amarelo, além de ser a cidade que dará início à campanha Pare Para o Pedestre, que será levada a todas as regiões brasileiras.

"No Brasil, 39% das mortes no trânsito são de pedestres. Quando fazemos o motorista respeitar a faixa, ele vai andar mais cauteloso e, consequentemente, provocamos uma segurança no trânsito como um todo", argumentou Ramalho.

"Essas ações visam uma mudança de cultura, de hábitos da população, e sabemos que isso não é possível da noite para o dia. Na semana vamos trabalhar o tema de uma forma mais abrangente para tentarmos criar o hábito dos indaiatubanos de respeitar a faixa de pedestres", explicou Gaspar.

O prefeito também reforçou que a campanha deve ser contínua no município, paralela a outras iniciativas desenvolvidas com o Observatório, dentro do programa Município Laço Amarelo, e também no trabalho de educação no trânsito que já é desenvolvidonas escolas da rede municipal.

Para o secretário de Obras e Vias Públicas (Semop), Robenilton Oliveira Lima, a ideia é aproveitar a Semana Nacional do Trânsito para trabalhar a campanha de forma mais efetiva e trazer a segurança para todos os envolvidos no trânsito. "Temos uma equipe do Departamento de Trânsito que irá para as ruas fazer esse trabalho de conscientização, tanto de condutores como de pedestres. Vamos tentar fazer com que essa mudança de comportamento seja notada em Indaiatuba o mais rápido possível", acrescentou.

Laço Amarelo

Para a equipe do Observatório, o trânsito é uma causa urgente. "Centenas de vidas são perdidas diariamente, gerando grande desgaste emocional e até financeiro à sociedade, já que boa parte dos leitos hospitalares estão ocupados por vítimas de acidentes de trânsito", ressalta Ramalho.

Muitos municípios têm compreensão real do problema e se mobilizam por soluções. O selo Laço Amarelo é um meio de reconhecimento das boas ações e permite que empresas e governos colaborem mais com projetos estruturados na busca por um trânsito mais seguro.

Conforme dados do Portal Iris do Observatório Nacional de Segurança Viária, as estatísticas atuais mostram que, no Brasil, as principais vítimas dos acidentes de carros estão em motocicletas e carros; porém, o número de pedestres mortos em 2015 chegou a quase sete mil pessoas, ou seja, foram 19 pedestres mortos por dia neste ano em todo território nacional. Já no Estado, o número de mortes de pedestres envolvidos em acidentes de trânsito no mesmo ano foi de 1,6 mil pessoas.

Integrando as ações da Semana, o Conselho Municipal para Assuntos da Pessoa com Deficiência (Comdefi) irá promover atividades de conscientização, além da caminhada no Parque Ecológico. A AB Colinas também é parceira e irá coordenar as abordagens a pedestres e blitz educativas. Campanhas educativas serão realizadas em paralelo, por meio de outdoors, flyers, faixas e e-mail marketing/Facebook; um totem localizado na Av. Presidente Vargas, na entrada da cidade, e banners no portal da Prefeitura completam as atividades.

A campanha conta ainda com o apoio da Câmara Municipal, do Centro de Treinamento da Honda, dos grupos de Escoteiros Indaiá e Falcão Azul, do Serviço Autônomo de Água e Esgotos (Saae) e da Guarda Civil de Indaiatuba.


Fonte:


Notícias relevantes: