Indaiatuba

Lago do Parque das Frutas recebe desassoreamento

Esta semana, o superintendente do Serviço Autônomo de Água e Esgotos (Saae), Sandro Coral, esteve no local da obra de desassoreamento dos lagos localizados no Parque das Frutas, formados pelo córrego São Lourenço. O desassoreamento do primeiro lago já está completo e teve início a limpeza do segundo; ao todo serão cinco.

A obra está prevista para ser executada em dois meses de forma continua e sem interrupções. Coral disse que o trabalho de manutenção e urbanismo promovido pela autarquia é muito importante para garantir a saúde dos mananciais existentes no município. "Mas é essencial conscientizar a população para que não joguem lixo nas ruas e façam o armazenamento correto dos materiais de construção deixados nas calçadas, para que a chuva não leve esses resíduos aos córregos e rios", alertou o superintendente.

Os lagos formados no trecho de um quilômetro de extensão do parque serão aprofundados em três metros. O resíduo tirado da obra será levado a um aterro e, por ser um material rico em nutrientes será usado como adubo em plantios e obras de urbanismo do município, após passar por um processo de secagem.

Assoreamento

O assoreamento é um processo que ocorre devido às chuvas, em que o solo é lavado e os sedimentos são transportados por escoamento em direção aos rios e lagos, onde de acumulam. Muitos recursos hídricos localizados na área urbana do município recebem, através das chuvas, todos os resíduos e lixos depositados nas ruas e calçadas.

No início de setembro, a Tribuna publicou a reclamação dos moradores do Jardim São Lourenço, que apontaram a situação de assoreamento dos lagos. À ocasião, a reportagem percorreu o espaço e observou também duas nascentes totalmente desprovidas de qualquer medida para preservação.  

Um dia depois, o prefeito Nilson Gaspar (PMDB) também esteve no Parque das Frutas e postou um vídeo em uma rede social falando sobre o problema. Ele lembrou que o espaço foi criado há mais de 15 anos e que esta é a primeira vez que os lagos recebem as máquinas para o desassoreamento.


Fonte:


Notícias relevantes: