Indaiatuba

Montadora sul-coreana retoma operações

A Venko Motors, do Grupo JLJ da cidade de Salto, anunciou na última quinta-feira, 21 de setembro, no Hotel Renaissance em São Paulo, o retorno da montadora sul-coreana SsangYong Motor Company ao mercado brasileiro.

Na oportunidade, os executivos da SsangYong Brasil e da SsangYong South Korea falaram sobre o atendimento aos atuais clientes da marca, estratégia comercial e operacional da montadora no Brasil, além de apresentar o portfólio de produtos.

"Nos últimos anos, a SsangYong Motor Company passou por processos de modernização de suas unidades fabris e também de ocidentalização de seus veículos. Os modelos Tivoli e XLV já foram premiados na Europa, o New Rexton foi apresentado recentemente em Paris, enquanto o Korando e o Actyon Sports passaram por importantes reestilizações. Com essa mudança de posicionamento da marca, esperamos conquistar o consumidor brasileiro", afirma Gerson Pittorri, presidente da SsangYong Brasil.

A SsangYong Brasil inicia suas operações com prioridade de resgatar a confiança na marca sul-coreana, que teve duas passagens pelo País, entre 1995 e 1998 e depois de 2001 a 2015, com a comercialização de 16.511 unidades.

O diretor comercial da SsangYong Brasil, Marcelo Fevereiro ressaltou a atenção da montadora com os clientes brasileiros. "Nosso foco ainda neste primeiro momento é atender aos proprietários de veículos com uma rede de assistência altamente capacitada em 15 pontos. Temos mais 30 em fase de aprovação, pois há um cuidado muito grande em homologar as oficinas devido ao nível de exigência e tecnologia dos veículos. Verificamos que o índice de satisfação dos clientes brasileiros é muito elevado, em especial por conta do intercâmbio tecnológico de motores com a Mercedes-
Benz, que deixou todo um legado", destaca.

Detalhes

A partir de novembro, a Ssang-
Yong divulgará mais detalhes sobre os quatro carros que chegarão ao Brasil no primeiro trimestre de 2018. Os modelos que serão comercializados são: Actyon Sports, Korando, Tivoli e XLV, todos em duas versões, cujos preços ainda não foram divulgados, o que deve ocorrer no lançamento individual de cada modelo.

Os principais executivos da SsangYong Brasil assumem as operações de importação e distribuição dos veículos, já com a experiência de terem representado a Chery, de julho de 2009 a julho de 2012, quando entregaram a bandeira para a montadora chinesa, que decidiu construir fábrica em Jacareí (SP), e no período de janeiro de 2013 a dezembro de 2016, terem representado a Rely, divisão de comerciais leves da própria Chery. Com as duas marcas, o grupo empresarial brasileiro chegou a ter uma rede de mais de 120 concessionárias em todo o País e vendas totais de 55 mil unidades.


Fonte:


Notícias relevantes: