Indaiatuba

Ihess fica na Fiec até novembro e deve ganhar novo espaço

Mudança

O Instituto Henrique da Silva Semente (Ihess) deve mudar de endereço em 2018. Atualmente ocupando cinco salas na unidade 2 da Fiec (Fundação Indaiatubana de Educação e Cultura), no bairro Cidade Nova, a entidade será transferida para um espaço "muito melhor", garante o superintendente da autarquia, João Martini Neto. Um grupo de alunos marcou presença na Sessão da Câmara, na última segunda-feira, dia 25, para cobrar os vereadores.

A Tribuna tomou conhecimento do fato após denúncia feita por alunos, que revelaram que as salas seriam usadas para um curso de pós-graduação de uma faculdade particular. A assessoria de imprensa da Fiec não confirma a informação e diz que as salas serão usadas para atender a própria demanda, já que a instituição, que é modelo no Brasil, tem crescido em número de alunos.

O Ihess utiliza atualmente e cinco salas da autarquia municipal concedidas por meio de lei aprovada na Câmara em 4 de outubro de 2010. Voltada para o ensino, a entidade conta com 400 alunos, a maioria mulheres e com mais de 60 anos. Muitas estão aprendendo a ler através do Ihess. A outorga do imóvel por parte da Prefeitura duraria vinte anos, mas a lei permite que as salas sejam retomadas antes.

Os interessados em participar dos cursos do Ihess devem ter acima de 45 anos e no início do ano, o instituto ofereceu 11 cursos. São eles: alfabetização, dança circular, espanhol, fotografia, ginástica funcional, informática, inglês, leitura de vida, lian gong, matemática (iniciação) e ioga.


Fonte:


Notícias relevantes: