Indaiatuba

Prefeito obtém mais de R$ 1 milhão para a saúde municipal

Durante visita à Brasília (DF) nesta terça-feira, o prefeito Nilson Gaspar (PMDB) conseguiu mais de R$ 1 milhão em recursos do governo federal, que serão investidos na saúde de Indaiatuba. A verba foi obtida por meio de quatro emendas dos deputados federais Milton Monti (PR), Baleia Rossi (PMDB), Missionário José Olímpio (DEM) e Herculano Passos (PSD).

Gaspar foi ao Distrito Federal acompanhado de Graziela Drigo Bossolan Garcia, secretária adjunta da Saúde. "Solicitamos ainda ao Ministério da Saúde uma revisão dos valores repassados mensalmente ao município, especialmente para os atendimentos de média e alta complexidade, pois sabemos que, de 20 a 30% dos atendimentos realizados aqui são para pessoas vindas de outras cidades. A nossa demanda em saúde acaba sendo maior que o estimado e estamos arcando com esta despesa", explicou Gaspar.

Paralelo à solicitação do prefeito, que buscou apoio dos deputados para conseguir os novos recursos, as equipes do Ministério comprometeram a vir ao município nas próximas semanas para fazer uma auditoria na Secretaria de Saúde e verificar a viabilidade de atender ao pedido de Gaspar.

O recurso obtido por meio das emendas será aplicado na gestão da pasta, o que inclui a atualização de equipamentos, como os aparelhos utilizados para exames oftalmológicos e a digitalização das imagens de Raio X.

Pleito antigo

O complemento dos recursos para a saúde já havia sido requisitado na segunda quinzena de abril deste ano, quando Gaspar também foi à Brasília. "Este valor já era para ser depositado mensalmente nos cofres do município há mais de um ano, mas isso não está acontecendo por conta dos cortes feitos pelo governo federal em todas as áreas", apontou Gaspar à época.

Ele também já havia enfatizado o aumento na demanda pelo serviço público de Saúde no município, o que justificou o pedido do recurso. Naquela ocasião o gestor municipal também destacou o encontro com os deputados que estiveram na cidade nos tempos da campanha eleitoral pedindo votos.


Fonte:


Notícias relevantes: