Indaiatuba

Indaiatuba e mais cinco cidades assinam convênio para unir forças das Guardas

segurança

As Guardas Civis e Municipais das cidades de Indaiatuba, Campinas, Itupeva, Salto, Elias Fausto e Monte Mor irão trabalhar de forma integrada para diminuir a criminalidade na região. O convênio Ações Integradas entre as Guardas Civis das seis cidades, que é baseado na Lei Federal13022/14 e une 1300 guardas dos seis municípios, foi assinado na manhã de hoje, dia 17, em Indaiatuba.

O secretário municipal de Segurança Pública, Alexandre Guedes Pinto explica que as guardas já vinham trabalhando de maneira integrada, mas o convênio dá autoridade para o efetivo ultrapassar os limites entre os municípios. “Temos problemas nas divisas entre as cidades, um exemplo é Campinas, perto da empresa Valeo, onde aconteciam muitos assaltos. Quando tinham ocorrências em que os guardas precisavam perseguir o suspeito, já entrávamos em outros municípios, isso é normal na nossa vida de policiamento, mas a Lei 13.022, de 2014, veio dar uma segurança jurídica para isso. Com esse convênio podemos fazer o patrulhamento preventivo nas divisas, por exemplo, eu tenho muito interesse em fazer o patrulhamento e ali na Valeo, porque tem muitos cidadãos de Indaiatuba que são assaltados ali, e eles (Campinas) podem fazer para gente no Fogueteiro, atrás do sítio São José”, acrescenta.

A única cidade que ainda não assinou o convênio é Itupeva porque precisa esperar aprovação da Câmara dos Vereadores. “Esse projeto de segurança não é apenas de uma cidade, são de seis municípios, estamos falando de um efetivo de guardas civis e municipais de 1.300 homens. A intenção é unir forças para reduzir os índices de criminalidade e principalmente o tráfico de drogas”, ressalta o prefeito Nilson Gaspar (PMDB).

Confira a matéria completa no jornal impresso de sábado, dia 20.


Fonte:


Notícias relevantes: