Indaiatuba

Palestra irá abordar gestão diferenciada

Indaiatuba irá receber, no dia 30 de janeiro, a palestra Gestão Diferenciada - Para os novos desafios de 2018. O evento será conduzido pelo especialista em empreendedorismo, César Henrique, no auditório da Kion South America. A palestra é destinada a empresários e gestores convidados.

Durante o evento, César irá fazer uma abordagem sobre o tema "gestão de forma assertiva", com foco nos principais desafios que as empresas enfrentam hoje. Trata-se de uma visão prática da solução de problemas para tornar as empresas mais competitivas.

Em entrevista exclusiva à Tribuna, César explica um pouco mais sobre o método inovador de gestão. "Uma gestão diferenciada faz com que você se saia bem quando tudo vai mal. E quando tudo vai bem, que você fique melhor ainda. Criatividade é um dos fatores, que anda de mãos dadas com a iniciativa. Claro, junto com a auto responsabilização", pondera.

"Hoje vivemos um clima no país e na economia em que tudo será melhor em 2018, e eu acredito nisso. Mas veja bem, ano passado a expectativa não era positiva, tínhamos um monte de empresas fechando e empresários falindo. Mas é fato que tinha também gente prosperando e crescendo. Agora, no clima novo acontecerá a mesma coisa. Uns cresceram por conta dos aspectos positivos e por fazer a lição de casa no momento certo. Só que com certeza teremos empresários que retrocederam, justamente por conta de ficar esperando que algo positivo aconteça por si só", argumenta César.

Questionado sobre qual é o maior desafio para o empresário atualmente, o especialista diz que é a capacidade de olhar para dentro e também para fora. Para dentro da empresa, dentro de si, dentro da equipe. O mercado, os concorrentes, a situação econômica, ano de copa, eleições - tudo isso influencia, mas não são fatores absolutamente determinantes para o sucesso dos negócios", garante.

Todos por um

Segundo o palestrante, os funcionários também devem participar do processo de gestão empresarial, já que eles são corresponsáveis e diretamente impactados pelas decisões tomadas. "Por isso, indico olhar para a equipe. Aliás, grupo ou equipe, time, são coisas muito diferentes. Tenho visto muitos empresários formar bons grupos, mas sem senso de equipe; e aí não adianta muita coisa. É fundamental que este senso de equipe, de time, faça parte da filosofia de uma empresa, seja de que tamanho for", considera César Henrique.

A reportagem perguntou sobre a melhor forma de lidar com um gestor "resistente" às mudanças e inovações, ao que o especialista resume: "Ouço de alguns clientes que atendo frases do tipo: 'Faço isso há 20 anos, meu pai fazia assim, e sempre deu certo'. Bom, nesse caso, estamos vivendo de pura sorte. Porque se tudo mudou e muda cada vez mais rápido, e você não está mudando também, algo errado está acontecendo ou está prestes a acontecer. Então, talvez tenha de mudar na marra e pagar caro por isso; ou pior, pode ser que seja tarde demais para mudar", alerta.

Trajetória

César Henrique é credenciado pela Organização das Nações Unidas (ONU) para trabalhar com desenvolvimento de comportamentos empreendedores no Brasil. Já treinou em sala mais de 3,5 mil empreendedores ao longo de 20 anos. Atualmente, ele coordena em São Paulo um programa de desenvolvimento de comportamentos no cotidiano da empresa, que é o Desafio Empreendedor. Mais de seis mil empreendedores de 14 estados passaram pelo programa nos últimos 10 anos.

"Para vencer a competitividade no mercado atual, você deve vencer antes a si mesmo. Se você está crescendo, ganhando mercado, prosperando, atingindo seu objetivos, é por que de alguma forma está sendo competitivo e eficiente o bastante. Caso contrário estaria do mesmo tamanho de anos anteriores ou ainda, ladeira abaixo. Como disse, não é necessário vencer o concorrente. Empreender não é um esporte com pódio para o primeiro colocado. O que trabalho com meus clientes é crescer, sempre. Se assim for, não importa muito se tem gente crescendo mais ou menos ou nem crescendo. Importa seus resultados, chegar onde se quer. E isso cada um é que vai ou deve determinar", encerra César.

Organização

A evento é promovido pelo Fórum de Negócios Indaiatubano, e conta com apoio da Tribuna, Johnny Toledo Arquitetura, Funil de Vendas, Kion South America, Fran's Café e MV Agência.


Fonte:


Notícias relevantes: