Indaiatuba

Guarda desmancha laboratório de drogas

A Guarda Civil de Indaiatuba desmanchou um laboratório de entorpecentes que funcionava em uma casa na Rua Candelária, no Jardim Pau Preto, no final da tarde de terça-feira, dia 30. Na ocasião, um maquinista de 43 anos e diversas armas foram apreendidas. Na residência, os guardas localizaram 14 quilos de maconha, que estavam dentro de uma geladeira, e 25 quilos de cocaína, que totalizam 39 kg, além de insumos e ferramentas para a preparação e distribuição das drogas e 82 aparelhos celulares.

Dentro de um sofá foram encontrados dois revólveres calibre 38, um deles com a numeração suprimida, dois carregadores de pistola, um silenciador, um colete balístico com emblema da Polícia Civil, 17 cartuchos de calibre 12 e 165 munições de diversos calibres.

Ocorrência

A operação iniciou após um veículo, que estava sendo monitorado por suspeita de envolvimento com o tráfico de drogas, passar pela câmera de monitoramento, nas proximidades do Bosque do Saber sentido Vila Furlan. As equipes passaram a patrulhar e no momento da abordagem, o proprietário do veículo saiu correndo, na tentativa de escapar dos guardas, porém foi acompanhado e detido a cerca de 50 metros de onde parou seu veículo.

Durante a averiguação, o suspeito mentiu seu nome diversas vezes, mas acabou informando seu nome verdadeiro e confirmou que estava na condição de procurado da Justiça. Após revelar aos agentes que era procurado, o detido tentou fazer um acordo com os guardas civis: ele indicaria onde era a casa que guardava todo o material do tráfico e os guardas deixariam ele ir embora. Como parte da estratégia, os guardas solicitaram o endereço da residência, e seguiram até o local para averiguação. Enquanto as viaturas faziam o deslocamento até a residência informada, a equipe do Canil, com o Cão Max, realizou uma busca no veículo em busca de armas e drogas escondidas, mas nada foi encontrado.

No endereço indicado foilocalizado todo material proveniente do tráfico. Diante dos fatos, todo o artefato e o indivíduo foram conduzidos ao plantão policial onde o delegado Sérgio Seizo ratificou voz de prisão em flagrante delito.

Segundo a polícia, a ação foi bem-sucedida graças ao sistema de inteligência e monitoramento implantado em Indaiatuba e também a troca de informações com o Denarc (Departamento Estadual de Prevenção e Repressão ao Narcotráfico) sobre o veículo suspeito de tráfico que estava rodando a região. "Com a prisão em flagrante do indivíduo e a apreensão do material ilícito, tiramos das ruas um propulsor do tráfico de Indaiatuba, que também estava agindo nas cidades da região. Por isso, é importante sempre fomentar ações que agreguem as corporações da região, pois o crime precisa ser combatido além das fronteiras, com inteligência e estratégia", comenta o secretário de Segurança Interino, Sandro Bezerra Lima.


Fonte:


Notícias relevantes: