Indaiatuba

Unidade de atendimento para autistas será inaugurada dia 21

O Espaço Avançar, local que assegura um novo modelo para atendimento integrado e multidisciplinar aos autistas do município, será inaugurado na quarta-feira (21), às 9h30. As atividades da unidade, situada na Escola Municipal Elvira Maria Maffei (Jardim Rêmulo Zoppi), foram iniciadas dia 5, com o ano letivo da rede municipal de ensino. O local passou por reforma e adequação para atender até 40 alunos na escola e até 200 usuários com espectro autista na parte ambulatorial.

O espaço é equipado com quatro salas de aula; quatro consultórios; uma sala sensório-motora; uma sala de estimulação precoce; uma sala casa pedagógica; uma sala de oficina pedagógica multidisciplinar e compartilha uma piscina e uma quadra poliesportiva da Secretaria de Esportes. Os atendidos participam de atividades como: esportes coletivos, atividades recreativas na piscina, aulas de música e artes.

Cerca de 90 autistas são atendidos nas escolas da rede municipal, que trabalham com a inclusão. Os alunos direcionados ao Espaço Avançar são casos severos, que necessitam de atendimento especializado. No setor ambulatorial, os atendimentos são encaminhados pelo Sistema Único de Saúde (SUS), pela rede regular de ensino ou qualquer laudo de autismo que seja morador de Indaiatuba.

Na escola, as salas são divididas com no máximo seis alunos com um professor e um auxiliar de desenvolvimento educacional. A equipe multidisciplinar é formada por professores especializados e a proposta pedagógica é baseada no currículo funcional, direcionada para desenvolver as habilidades dos alunos visando melhorar o desenvolvimento.

De acordo com a gestora do Espaço Avançar, Renata Furlan, o trabalho é focado em melhoria das atividades de vida diária e independência. Na parte ambulatorial a equipe é formada por uma médica psiquiatra; uma médica da família com especialidade em nutrição e ortomolecular; uma terapeuta ocupacional; um fonoaudiólogo; um fisioterapeuta; um psicólogo e uma assistente social. Quando a criança chega passa por uma avaliação de todos os setores da saúde para ver a necessidade de cada usuário.

Anteriormente o atendimento aos autistas era oferecido diretamente pela Prefeitura no Complexo Educacional "Laura Falh Corrêa", no Parque das Nações, e por meio da parceria com o Centro de Integração, Reabilitação e Vivência dos Autistas (Cirva), que mantinha o Colégio de Integração e Vivência dos Autistas de Indaiatuba (Civai). O Civai encerrou as atividades e a Prefeitura assumiu o atendimento escolar com o Espaço Avançar. Já o Cirva continua com sua funcionalidade no atendimento terapêutico de forma independente. O Espaço Avançar não tem ligação com entidades assistenciais.


Fonte:


Notícias relevantes: