Indaiatuba

Indaiatuba participa de reunião para criar rede de controladorias

Indaiatuba participou de encontro promovido pela Controladoria Geral de São Paulo, no final de janeiro, para discutir a criação da Rede Paulista de Controladorias (Repac). A iniciativa é pioneira e tem o objetivo de fortalecer os sistemas de controle interno nos municípios do Estado.

A cidade foi representada por Antonio Jorge Trinca, controlador municipal, e o assessor Ricardo de Lima, em reunião junto a outras 15 controladorias, que discutiram a criação da Repac. Durante o encontro, os participantes assinaram um protocolo de intenções para o desenvolvimento da rede.

A concepção do projeto tem o intuito de garantir a troca de experiências entre órgãos municipais, exercer funções de auditoria e acompanhar a rotina financeira e contábil, orçamentária, operacional e patrimonial das controladorias paulistas. Com isso, os sistemas de controle interno nos municípios serão fortalecidos e as possibilidades de erros poderão ser reduzidas.

A controladoria geral tem a função de fiscalizar e avaliar as atividades exercidas pelo poder público; e a Repac será uma entidade de direito privado e sem fins lucrativos - um fórum permanente de controle interno da administração pública paulista.

"A criação da Repac é de grande importância", salienta Trinca. "Além de possibilitar a troca de experiências entre os municípios participantes e de facilitar a capacitação dos profissionais das controladorias, também nos dará uma representação de maior peso perante o Tribunal de Contas."

Além de Indaiatuba, representantes das controladorias de Barueri, Bauru, Campinas, Cotia, Franca, Guarujá, Guarulhos, Mogi das Cruzes, Osasco, Santos, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, São Carlos, São José dos Campos, Santos, Taubaté e Ubatuba assinaram o Protocolo de Intenções.


Fonte:


Notícias relevantes: