Indaiatuba

Zona Azul Eletrônica é anunciada para junho

URBANO

A partir de junho, será implantada em Indaiatuba a Zona Azul Eletrônica. A modernização do estacionamento rotativo na região central foi apresentada na quarta-feira (11). A mudança não irá afetar o preço nem o horário de funcionamento, que continuam os mesmos.

A utilização do estacionamento nas vias públicas será feita por meio do aplicativo Digipare. As mudanças incluem ainda a expansão das vagas tanto na região central quanto na Avenida Francisco de Paula Leite.

O principal objetivo da modernização da Zona Azul é viabilizar fluxo maior de veículos nas vagas de estacionamento rotativo. "Tem gente que deixa o carro estacionado ali o dia todo, o que prejudica bastante o comércio", salientou o prefeito Nilson Gaspar (MDB). "Vamos também intensificar a fiscalização para liberar mais vagas e todos possam estacionar."

De acordo com o diretor da Tecpark, Aloisio Roberto Nascimento, as mudanças eram necessárias, já que a concessionária opera há 15 anos da mesma forma na cidade. "A cidade cresceu e o número de veículos aumentou, por isso é preciso melhorar a oferta de vagas e reforçar a rotatividade das vagas disponíveis nessas regiões comerciais", argumentou. A Zona Azul conta com 816 vagas, sendo 52 para idosos e 19 para deficientes; e 48 pontos de distribuição, além de outros 15 não oficiais.

Deficientes e idosos continuam com direito ao estacionamento gratuito em qualquer vaga nas áreas de Zona Azul, desde que os veículos estejam devidamente identificados.

Equívoco

Durante a coletiva, o prefeito citou a repercussão gerada pelo anúncio da mudança no horário da Zona Azul, que iria até às 17h durante a semana. "Foi um equívoco", garantiu. "Reitero que foi uma falha administrativa, e enquanto discutíamos os pontos a serem melhorados, assinei o decreto por engano", confessou. O documento foi revogado no mesmo dia da coletiva.

Gaspar lembrou da reunião com a Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Indaiatuba (Aciai) e os comerciantes. "Estamos agora avaliando as facilidades, porque com as mudanças no trânsito o número de vagas do estacionamento rotativo foi reduzido", considerou.


Fonte:


Notícias relevantes: