Indaiatuba

Acusado de assaltar transexual acaba morto por atropelamento

Um homem acusado de assaltar transexuais morreu atropelado na noite do último domingo (6), na Rodovia Santos Dumont (SP-75), altura do km 51, no Jardim Tropical.

Segundo a Polícia Militar, ele havia acabado de praticar roubo a um transexual minutos antes, e estava em fuga no momento do atropelamento, ocorrido por volta das 22 horas.

O sujeito foi atingido quando atravessava a rodovia e, com o impacto foi arremessado para a pista norte. Ele foi identificado pelo nome de Aldo Vieira, 38 anos; tinha várias tatuagens, cabelos crespos e curtos, e trajava calça jeans e camisa azul-marinho. Segundo o Boletim de Ocorrência, seu endereço de residência fica no bairro Jardim Eldorado.

O reconhecimento do corpo foi feito pela companheira de Aldo, de 34 anos. Em depoimento, ela disse que vivia com ele há cerca de um ano. Peritos também estiveram no local do acidente.

Em reportagem concedida à TV Sol, o transexual vítima do assalto disse que instantes antes havia combinado um programa com Aldo, cujo valor acertado foi de R$ 100.

Porém, em determinado momento, o falso cliente puxou uma faca e anunciou o assalto. Na sequência, o transexual reagiu, partindo para cima do assaltante que, então, fugiu em direção à pista. Esta foi a última das seis vítimas de roubo por Aldo em apenas uma semana.


Fonte:


Notícias relevantes: