Indaiatuba

Indaiatuba é 3ª em colisões contra postes na área da CPFL Piratininga

Indaiatuba está na lista das cidades com maior número de colisões contra postes, ao lado de Jundiaí e Sorocaba. Levantamento feito pela CPFL Piratininga, que atua em 27 municípios no interior e litoral paulista, mostra que as três cidades estão no topo do ranking de avarias em postes provocadas pelo trânsito.

Os registros das ocorrências compreendem o período de janeiro de 2017 a abril de 2018, na área da companhia. O maior número de colisões em postes foi em Jundiaí, com 160; em seguida, Sorocaba, com 148 e Indaiatuba, com 59 ocorrências. Os três municípios representam 41% do total de 886 acidentes ocorridos nas áreas de concessão da CPFL nos últimos 16 meses.

"A quantidade de ocorrências de colisão com postes é um reflexo da alta imprudência nas vias", alerta Marcos Victor Lopes, gerente de Saúde e Segurança da CPFL. "A maior preocupação da concessionária é a de alertar a população, não apenas para os danos à rede elétrica, mas, principalmente à segurança da própria vida e a de terceiros."Conforme o estudo feito pela companhia, se considerados somente os registros efetuados de durante o ano de 2017, as estatísticas apuradas pela área operacional da distribuidora mostram crescimento de 17% no número de acidentes na comparação com 2016. Nos 27 municípios sob a concessão da CPFL, foram 658 colisões contra postes (em 2016, foram 562); e somente nos quatro meses iniciais de 2018, a empresa já contabilizou 228 ocorrências - média de dois acidentes por dia.

Os efeitos dos acidentes envolvendo postes geram ainda prejuízos à população. "Por conta das ocorrências, mais de 208 mil clientes ficaram sem energia durante 1,3 mil horas no ano passado; isso equivale a 56 dias", salienta Marcos.

Por outro lado, no balanço feito em dez cidades atendidas pela CPFL Piratininga com o maior número de colisões em postes, Indaiatuba, juntamente com o município de Vinhedo, mostrou queda no número de acidentes. Em relação a 2016, a redução foi de 12,8%; já no comparativo com 2017, as ocorrências caíram 31,1%.

Segurança

A concessionária de energia recomenta alguns procedimentos para evitar acidentes: manter o veículo com a manutenção em boas condições, verificando o estado dos pneus, dos freios, dos faróis e dos retrovisores; não dirigir sob efeito de álcool, remédios ou qualquer outra substância tóxica; quando estiver dirigindo, cuidado com o farol alto, que pode ofuscar a visão do motorista na via de sentido oposto; respeitar a sinalização de trânsito e os limites de velocidade das vias, em qualquer dia, local e horário; respeitar os pedestres e sempre use cinto de segurança e capacete, para motociclistas; não usar celular quando estiver dirigindo; em caso de manobras, sinalize para os pedestres e os demais motoristas; manter distância segura do veículo à frente; ficar atento às condições da pista e do clima (em caso de pista molhada ou de neblina, diminuir a velocidade e mantenha a distância dos demais veículos).

Em caso de acidente com poste, se houver queda de cabos, procure ficar no interior do veículo, sem tocar nas partes metálicas, até o atendimento por parte das equipes da empresa.


Fonte:


Notícias relevantes: