Indaiatuba

Festa junina do Colégio Escala ocorre neste domingo na Viber

Junho é o mês das quadrilhas, porém há muito mais cultura atrás dessa dança. E para comemorar a tradição brasileira das festas juninas, o Colégio Escala uniu a diversão da festança com o lado pedagógico e cultural da data. A novidade deste ano é o local onde será realizado o Arraial do Escala, que será na Viber, neste domingo (24), dia de São João, um dos mais importantes desse contexto das festas caipiras. O evento começa às 10h e vai até às 18h, aberto à população. O valor do convite é R$5 (criança até 5 anos não paga).

Além das tradicionais barracas de comidas típicas, a festança contará com brincadeiras tradicionais para alegrar as crianças, como boca do palhaço, pesca e argola, e, diversas apresentações de dança e música, nos ritmos do forró, jongo, country, entre outros da cultura brasileira. O evento contará ainda com uma apresentação da Orquestra de Violas de Indaiatuba.

Um dos momentos mais esperado da festança será o tradicional Festival de Quadrilhas, uma competição entre as turmas do 6º ao 9º ano, que usam a criatividade e apresentam diversas coreografias surpresas para a dança, sendo avaliados por jurados nos quesitos desenvolvimento, harmonia, figurino e produção. O concurso contará com um júri renomado formado pelo ex-secretário de Cultura, Wladimir Soares, Rafael Dascânio, Raissa Shizue e Beatriz Balthazar.O evento terá a participação do palhaço Koringa, que animará as quadrilhas dos professores e dos ex-alunos da escola. "Nossos alunos se formam, mas não perdem o laço afetivo com nossa escola, e como comemoração dos 40 anos do Escala, resolvemos dar esse espaço para que eles possam matar a saudades dos nossos calorosos eventos", ressalta a diretora Maria Rosangela Silva.

Concurso

Ainda ressaltando o "caipirismo", acontecerá um concurso de causos e piadas caipiras, que seguirá um regulamento. Os causos são histórias fantásticas que podem ser engraçadas ou assustadoras. No Brasil, o povo mineiro tem fama de bons contadores de causos, mas esse gênero não fica restrito apenas a algumas regiões, pois o causo agrada a gaúchos e baianos.

Para a escola, o concurso tem como finalidade fomentar a leitura de textos literários por meio do resgate oral na contação de histórias e declamação de poesias; tornar conhecido o potencial artístico do aluno; intérpretes e contadores de histórias; enaltecer a figura do caipira e sua cultura.

Os interessados têm até o dia 20 de junho para se inscrever gratuitamente, podendo participar com um causo/história e uma piada, com até 5 minutos de duração para causos e 3 minutos para piadas. Os temas são livres de autorias conhecidas ou próprias. Serão premiados os três primeiros lugares de cada modalidade. Os jurados avaliarão entonação de voz, postura e presença de palco, criatividade e carisma.

Os resultados dos concursos serão revelados às 17:30, na finalização da festa. Mais informações pelo telefone (19) 3885-1625.


Fonte:


Notícias relevantes: