Indaiatuba

Jardim Hubert é alvo de furtos

O bairro Jardim Hubert vem sendo alvo de bandidos. Diversos furtos e roubos foram registrados por moradores do local em curto espaço de tempo.

A primeira ocorrência foi um roubo a dois adolescentes, no último dia 5 (quinta-feira), em plena tarde, por volta das 15h30. Os garotos, de 14 e 15 anos, ambos estudantes, andavam pela rua João Giaquinto quando foram abordados por dois desconhecidos que, mediante violência, subtraíram alguns objetos. Entre os itens, estavam dois skates, uma mochila contendo baralhos e peça de roupa, além de um aparelho celular. Os marginais não foram identificados.

Mais tarde, no dia 7, em torno das 23h, uma residência foi invadida na Rua Octavio Bueno Maschieto Filho. De acordo com relato do proprietário, os bandidos entraram por meio de arrombamento da janela do banheiro, e levaram da casa uma TV de 21 polegadas; dois notebooks de 14 e 15 polegadas; e dois relógios de pulso. Ninguém foi preso.

Já no dia 10, aproximadamente às 21h, outra residência foi alvo dos ladrões, na Rua Pedro Alves da Silva Sobrinho. guardas civis foram acionados a comparecer ao local dos fatos, devido a uma ocorrência de furto.

Eles foram informados por um vigia sobre a existência de objetos abandonados em um terreno baldio na mesma rua, em frente à casa invadida. Ao ser contatado, o proprietário do imóvel confirmou a ação criminosa, e disse aos policiais que estava ausente, mas, ao chegar, percebeu que a janela da cozinha havia sido arrombada.

Foram levados da residência um par de tênis feminino e três masculinos; um notebook; uma calça jeans feminina; e um aparelho de TV de 40 polegadas. Entretanto, os pertences da vítima foram abandonados pelos bandidos no terreno baldio, e recuperados pela Guarda Civil, exceto a TV e os três pares de tênis. Os itens encontrados foram devolvidos ao proprietário. Neste caso, também ninguém foi preso.

Outros

Mais furtos em imóveis foram registrados entre os dias 7 e 10 de julho. Um deles, na tarde do dia 7, ocorreu em um apartamento no bairro Cidade Nova. As vítimas disseram que o imóvel foi invadido enquanto estavam fora, e que diversos itens foram subtraídos, entre os quais, notebook, videogame, perfumes de marca e vários relógios de pulso.

Os moradores relataram que trabalham no setor de aviação. Eles também revelaram que o prédio possui sistema de monitoramento eletrônico de vigilância, e desconfiam que o síndico possa estar envolvido na ação criminosa. Não houve prisões e caso segue sendo investigado.

Outro furto ocorreu em uma obra no Jardim Paulista, na última quarta-feira (11), às 20h. Do local foram levados um alicate, uma faca e duas correias de betoneira. O indivíduo foi flagrado por guardas civis que patrulhavam o bairro e, ao ser questionado, confessou que estava furtando os objetos, e que pretendia vender as correntes da betoneira por R$ 150 para conseguir algo para se alimentar.

Ao entrarem em contato com a vítima, esta declarou não conhecer o sujeito flagrado na obra. Na delegacia, o indiciado preferiu permanecer calado e se recusou a assinar o interrogatório. Ele permaneceu na delegacia até a audiência de custódia.


Fonte:


Notícias relevantes: