Indaiatuba

Indaiatuba teve 147 fraudes e furtos de energia este ano

A CPFL Piratininga vem promovendo ações de fiscalização contra fraudes e furtos de energia em Indaiatuba, Salto, Itu e Sorocaba. No primeiro semestre, a concessionária registrou 1.324 casos de irregularidades após 7.688 inspeções pelas equipes de campo.

Em Indaiatuba foram feitas 998 inspeções e identificadas 147 irregularidades - número superior ao registrado no mesmo período em 2017. A cidade é a terceira com maior número de ocorrências na área de atuação da distribuidora (veja quadro abaixo). Sorocaba registrou o maior número de irregularidades. Em segundo lugar vem Itu.

No primeiro semestre, considerando as cidades de Sorocaba, Itu, Salto e Indaiatuba, a CPFL Piratininga conseguiu recuperar um volume de 3.177 megawatts-hora (MWh) de energia furtada. Esse volume de energia seria suficiente para abastecer 1.765 famílias compostas por até quatro pessoas pelo período de um ano.

Segundo o diretor comercial da CPFL Energia, Roberto Sartori, os investimentos em inteligência no monitoramento têm sido um grande aliado na identificação das fraudes e furtos de energia nas redes da distribuidora. "A integração com os órgãos públicos e autoridades policiais também tem sido fundamental nessas operações que visam o combate às ligações clandestinas", afirma.

A CPFL Piratininga disponibiliza canais de denúncia, que pode ser feita pelo e-mail [email protected], pelo telefone 0800-774 4286 ou pelo site www.cpfl.com.br.


Fonte:


Notícias relevantes: