Indaiatuba

Eventos marcam 110 anos de imigração japonesa no Brasil

A comunidade japonesa está completando este ano 110 anos de imigração ao Brasil. Para celebrar, a Associação Cultural, Esportiva Nipo Brasileira de Indaiatuba (Acenbi) promoveu em junho o evento do Dia da Comunidade Japonesa. E em outubro, a terceira edição do festival Indaiatuba Matsuri também irá lembrar o aniversário.

Com formato ampliado, o evento será realizado no pavilhão da Viber, entre os dias 11 e 14 de outubro, e incluirá programação artística, culinária e comercial. Os principais artistas da comunidade japonesa irão participar, trazendo shows musicais, danças folclóricas, taikô, exposição e oficinas de origami, kirigami, mangá, Ikebana, cerâmica e o tradicional Bon-Odori. As atividades também contemplam gastronomia e a feira comercial diversificada.

A direção da Acenbi ressalta ainda que o novo formato do festival visa atingir os municípios de toda a região de Indaiatuba e Campinas, e deverá se transformar, dentro de alguns anos, em referência de evento da cultura japonesa na região.

Paralelamente aos 110 anos da imigração japonesa, a Acenbi comemora 71 anos de trajetória cultural no Município. Para a direção e os associados, o espírito de amizade e paz que os fundadores da Acenbi pregaram continua até os dias atuais entre os descendentes; e estes buscam manter os trabalhos iniciados pelos antepassados.

Como a associação foi fundada em 1947, teve como pioneiros os imigrantes japoneses que vieram ao município trabalhar na agricultura. E hoje, se constitui em uma das maiores comunidades nipônicas da região. A escola de língua japonesa e a prática do beisebol estão entre as atividades mais antigas mantidas pela Acenbi.

São aproximadamente 300 famílias associadas, que participam de atividades voltadas para a população de Indaiatuba, e contam também com o apoio da Prefeitura.

Visita

No próximo domingo, a princesa Mako Akishino, do Japão, neta mais velha do imperador Akihito, irá desembarcar em Viracopos amanhã, ao meio-dia. Os que desejarem vê-la, devem comparecer ao portão central de embarques.

Ela deixou seu país na última terça-feira (17), e ficará duas semanas no Brasil, para participar de eventos comemorativos do 110º aniversário da imigração japonesa. Esta é a primeira vez que a princesa de 26 anos visita o país. Mako irá percorrer 14 cidades em cinco estados, onde participará de vários atos e se reunirá com descendentes de japoneses, antes de retornar ao Japão, no dia 31.

Ao chegar, Mako fez uma visita de cortesia ao presidente Michel Temer, conheceu a estátua do Cristo Redentor, e visitou Maringá, no Paraná (PR), onde discursou. Hoje, ela estará em São Paulo para participar de como mestre de cerimônias em um evento comemorativo na maior comunidade nipônica brasileira.

O Brasil possui a maior comunidade japonesa no mundo, com 1,9 milhão de pessoas. O último membro da família real japonesa a vir ao Brasil foi o príncipe herdeiro Nahurito; ele veio em março para o Fórum Mundial da Água. 

 


Fonte:


Notícias relevantes: