Indaiatuba

População de Indaiatuba chega a 247 mil, diz IBGE

RMC

A população de Indaiatuba teve um crescimento de 3,04% entre 2017 e 2018, segundo estimativa divulgada quarta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O número atualizado é de 246.908. No ano passado, a população estimada na cidade era de 239.602.

Indaiatuba é a sexta cidade da Região Metropolitana de Campinas (RMC) com maior crescimento populacional. Segundo os dados do IBGE, as maiores taxas estão concentradas em pequenas cidades. Pedreira lidera o ranking, com variação de 4,63% em um ano.

No Brasil, a estimativa referente a 1º de julho indica que a população total cresceu 0,8% em um ano, passando de 207,6 milhões para 208,5 milhões.

Entre outros indicadores sociais, econômicos e demográficos, as estimativas populacionais do IBGE são utilizadas como parâmetros pelo Tribunal de Contas da União no cálculo do Fundo de Participação de Estados e Municípios. O cálculo é feito seguindo procedimento matemático e é resultado da distribuição das populações dos Estados, projetadas por métodos demográficos, entre os diversos municípios. O próximo Censo Demográfico, com dados consolidados, está previsto para 2020.

Salários

Outro dado divulgado esta semana diz respeito à média salarial paga a trabalhadores contratados em julho na RMC. Em Indaiatuba, esse valor é de R$ 1.629,69, o décimo maior da região. De acordo com o estudo do Observatório da PUC-Campinas, com base em dados divulgados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho e Emprego, Jaguariúna é o município da RMC com a maior média salarial - R$ 2.092,04.

No que se refere a empregos, Campinas e Indaiatuba apresentaram os melhores resultados no mês de julho, com mais 744 e 725 postos de trabalho, respectivamente.


Fonte:


Notícias relevantes: