Indaiatuba

CPFL investe R$ 2,32 milhões na rede elétrica de Indaiatuba

A CPFL Piratininga investiu R$ 2.322.003 na manutenção e expansão do sistema elétrico em Indaiatuba no segundo trimestre deste ano. O valor foi aplicado na ligação de novos consumidores nas áreas urbana e rural, por meio da ampliação da rede elétrica e da instalação de novos medidores.

A distribuidora investiu R$ 2,5 milhões em ampliação da capacidade de subestações e linhas de transmissão, além da adequação de capacidade da rede de distribuição. No segmento de manutenção, foram destinados R$ 2,7 milhões, ao passo que os aportes em melhorias nas redes primária e secundária, e na instalação de novos equipamentos somaram R$ 4,7 milhões. "Esses novos cabos são mais robustos e resistentes, minimizando os desligamentos, por exemplo, pelo toque de galhos de árvores", ressalta o presidente da CPFL Piratininga, Carlos Zamboni Neto.

Segundo ele, a CPFL Paulista e a CPFL Piratininga seguem investindo no desenvolvimento de projetos especiais, que consistem em planos de modernização das redes de transmissão e distribuição, e em projetos focados em redes inteligentes. Para essas ações, a distribuidora dedicou em torno de R$ 1,9 milhão para a região de Campinas.

Segundo dados da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), os clientes da CPFL Piratininga ficaram, em média, 6,97 horas sem luz em 2017, melhor indicador do gênero no País.


Fonte:


Notícias relevantes: