Indaiatuba

Em visita a Indaiatuba, Doria fala em criar pedágio flexível

O candidato ao governo de São Paulo pelo PSDB, João Doria, esteve em Indaiatuba no último sábado (1º). Durante a campanha, ele visitou o Parque do Mirim, o Centro de Operações e Inteligência (COI) da Guarda Civil e fez comício à noite.

No comício disse que "não faz sentido" o pagamento de pedágio por trecho não utilizado. "A estrada tem cem quilômetros, mas o motorista usa apenas dez, deveria ter que pagar apenas o trecho percorrido", disse, acrescentando que vai aprimorar o pedágio ponto a ponto e implantar o pedágio flexível, mas sem romper contratos em vigência. A ideia é de que o valor diminua conforme o dia e horário ao longo das 24 horas de utilização. Haverá estudo entre o governo e as empresas concessionárias para ver quais dias e horários podem ter preços reduzidos. "Vamos manter conversas com as concessionárias e prefeituras do trecho", afirmou.

Já implantado na Rodovia Santos Dumont (SP-75), o pedágio ponto a ponto faz cobrança por trecho utilizado. "O motorista não vai ter que parar em pedágios, o trecho utilizado será monitorado pelo selo instalado no carro", explicou. Entre as propostas do candidato para solucionar o valor elevado da tarifa de pedágios no Estado está a revisão de contratos e uma nova regra para as próximas concessões. "Mas mantendo o marco jurídico com as concessionárias", ressalva. Outra proposta é a participação das prefeituras com isenção em postos de pedágio, como já é feito em Indaiatuba no pedágio de bloqueio da SP-75.

Em todos os compromissos na cidade Doria esteve acompanhado pelo deputado estadual Rogério Nogueira (DEM) e o prefeito Nilson Gaspar (MDB).

Apoio

Ao visitar a barragem no Parque do Mirim disse que, com a obra a ser inaugurada o Município garantirá a sua segurança hídrica. Doria afirmou que quer avançar no apoio de outras barragens por todo o Estado. "Além da segurança hídrica, a barragem do Mirim atrairá o turismo da região, o que irá abrir novas oportunidades de emprego",afirmou. O candidato garantiu que o Estado dará apoio a municípios que queiram fazer barragens.

Doria elogiou o COI da cidade e assegurou que instalará unidades do Estado nesse sentido de inteligência policial. "No COI da Barra Funda [bairro da capital] temos unidos contra o crime a Polícia Civil, a Polícia Militar, a Guarda Civil, o Corpo de Bombeiros, a Sabesp e a Eletropaulo", conta. Além disso, o candidato garantiu novas unidades do Batalhão Especial da Polícia Militar (Baep), com 300 integrantes em cada uma.

João Doria também falou sobre saúde e disse vai implantar o sistema Corujão, quando exames são feitos durante a madrugada em hospitais particulares, em várias cidades "Aqui em Indaiatuba já daria para implementar, vocês têm hospital para isso", disse.


Fonte:


Notícias relevantes: