Indaiatuba

Temporal derrubou árvores e causou avarias em imóveis

DEFESA

Indaiatuba foi atingida por chuva com ventos fortes na noite de 15 de setembro. O vendaval causou estragos principalmente na região sul do município. Entre as ocorrências registradas estão a queda de 25 árvores e dois imóveis residenciais. A previsão é de que a limpeza esteja concluída até quarta-feira (19). A população pode entrar em contato pelo telefone 153 para comunicar eventuais ocorrências.

Entre as ocorrências registradas estão a queda de 25 árvores, que foram priorizadas as retiradas dos galhos que estavam obstruindo ruas ou com risco de causar danos aos imóveis. Duas casas foram atingidas no Jardim Morada do Sol. Uma residência apresentou danos consideráveis no telhado, que foi temporariamente coberto com lona, mas não houve necessidade de esvaziar o imóvel. Já na outra casa, onde os danos causados pelo vento foram maiores, a Defesa Civil interditou o local e a família foi para casa de parentes. No dia 17, uma nova vistoria foi realizada e a interdição permanece.

O vento forte causou danos no prédio do Departamento de Reabilitação Física e Mental (Derefim) da Secretaria Municipal de Saúde, que permaneceu fechado no dia de hoje para limpeza e manutenção. O atendimento foi normalizado na terça-feira (18).

Conforme registro do Centro Integrado de Informações Agrometeorológicas (Ciiagro), o índice pluviométrico registrado na data foi de 5.3mm. Com relação à velocidade do vento que atingiu o município, não temos registros oficiais específicos de Indaiatuba. Os registros mais próximos foram feitos no Aeroporto Internacional de Viracopos, que identificou ventos de 25Km/h.

Os bairros onde a Defesa Civil atendeu as principais ocorrências foram o Jardim Morada do Sol, Centro e região de Itaici. Também foram atendidos chamados no Parque das Nações, Jardim Marina, Jardim Regina, Moacir Arruda e Jardim Tropical.

Energia

Em nota, a assessoria da CPFL Piratininga informou que a forte chuva que atingiu a cidade de Indaiatuba no dia 15 acarretou na queda e/ou danificação de vários postes. No período mais grave do temporal, 15 mil clientes dos bairros Jd Morada do Sol, Itaici, Vila Brizola, Umuarama, Oliveira Camargo, Helvetia, Jardim Belo Horizonte e Parque São Lourenço tiveram o fornecimento de energia interrompido. A distribuidora esclareceu ainda que a situação da cidade está normalizada desde domingo (17).


Fonte:


Notícias relevantes: