Economia

Construção civil tem alta de preços de 2% em março, diz FGV

Arquivo/Tânia Rêgo/Agência Brasil
Rio de Janeiro - O prefeito Eduardo Paes inaugura sala de visitação do Museu do Amanhã, em construção no Pier Mauá, na zona portuária do Rio. Na foto o canteiro de obras do Museu do Amanhã.
Crédito: Arquivo/Tânia Rêgo/Agência Brasil

O Índice Nacional de Custo da Construção – M (INCC-M), medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV), registrou taxa de inflação de 2% em março deste ano. O percentual é maior do que o observado em fevereiro (1,07%).

Segundo a FGV, o INCC-M acumula taxas de inflação de 4,04% no ano e de 11,95% em 12 meses.

Os materiais e equipamentos tiveram alta de preços de 4,44% em mês. O item com maior inflação foi o material metálico para estruturas, que subiu 14,15%.

Os serviços tiveram uma inflação de 0,69%, enquanto o custo da mão de obra ficou 0,28% mais caro no mês. O INCC-M é calculado com base em preços coletados em sete capitais: São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília, Recife, Salvador e Porto Alegre.


Fonte:


Notícias relevantes: