Geral

Semana Mundial do Brincar é tema de ação do Sesc São Paulo

Reprodução/Internet

Crédito: Reprodução/Internet
Brincar entre o Céu e a Terra é o tema da Semana Mundial do Brincar, culas atividades vão até domingo (31) no Portal e nas redes sociais do Serviço Social do Comércio (Sesc) São Paulo e de suas unidades na capital, no interior e no litoral. A ideia é chamar toda a sociedade à reflexão e ao debate sobre a importância do ato de brincar na vida humana. As ações tiveram início no último sábado.

O tema chama a atenção para a importância de proteger e cultivar a imaginação e o devaneio da criança, reconhecendo que estes estão conectados e se alimentam do ser e do estar no universo da infância.

No ano em que o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) completa 30 anos, o Sesc São Paulo lembra que, além dos direitos fundamentais à vida e à saúde, esse conjunto de normas reconhece a importância de brincar, praticar esportes e divertir-se como aspectos essenciais do direito à liberdade, ao respeito e à dignidade durante a infância e a adolescência. O estatuto é considerado um marco para o reconhecimento da criança como sujeito de direitos e instrumento para a garantia ao exercício do  brincar, imaginar, criar, ser e estar no mundo com encantamento.

A campanha é realizada no Brasil desde 2009 pela Aliança pela Infância e conta com a participação do Sesc São Paulo desde 2013. Neste ano, em decorrência da complexa realidade da pandemia da Covid-19, o evento destaca que as crianças não podem parar de brincar principalmente diante de um cenário global que impõe novas reflexões e formas de ver e viver o mundo. O objetivo, este ano, é contribuir para que o direito ao brincar das crianças seja respeitado, mesmo durante a quarentena.

Com brincadeiras, musicalização, montagem de espaços para brincar, oficinas, contação de histórias, investigações sensoriais, rodas de conversa, em diversos formatos, como textos, vídeos e ações ao vivo, a ´programação traz a proposta de manter as brincadeiras dentro de casa e pede a atenção dos adultos para que as crianças brinquem nos espaços domésticos com segurança e afeto.

Pela singularidade do contexto, as telas serão um meio, mas não o foco, para viabilizar o brincar no concreto e para que as propostas alcancem as crianças. O uso das tecnologias neste sentido é indicado com a mediação de qualidade de um adulto que acompanhará a criança.

Atividades

A Semana Mundial do Brincar pode ser acompanhada pelas redes sociais do Sesc São Paulo ou acessando a página do evento na internet.

Para esta quinta-feira (28), a programação prevê contação de história, com o tema Quem Conta seus Medos se Espanta, com Susana Diniz, às 10h30, no Instagram do Sesc Consolação.

As atrações da sexta-feira (29) serão a oficina Um Cantinho para Brincar e Cantar, com Sheila Ferreira, às 10h30, no Instagram do Sesc Consolação; e o bate-papo ao vivo Brincando da Terra ao Céu e Vice-Versa, uma conversa entre Lucilene Silva e Adelsin sobre o significado e importância do brincar na vida das pessoa, das 18h às 19h, no Instagram do Sesc Osasco.

No sábado (30), quando se encerram as ações da semana, o tema é E Agora, Quem Brinca Comigo?, com Tati Fávaro e Plínio Teodoro, às 17h30, no Instagram do Sesc Jundiaí.


Fonte:


Notícias relevantes: