Geral

Belo Horizonte aumenta restrições para conter disseminação da covid-19

Marcello Casal JrAgência Brasil
Belo Horizonte
Crédito: Marcello Casal JrAgência Brasil

A Prefeitura de Belo Horizonte vai adotar, a partir de hoje (13), novas medidas para restringir a circulação de pessoas, como forma de conter o avanço da covid-19 no município. Entre as restrições estão a proibição, por tempo indeterminado, de caminhadas e/ou corridas esportivas nas pistas de parques e praças da cidade, bem como a prática de esportes individuais e coletivos. A mesma regra vale para a Orla da Pampulha. O decreto com as medidas foi publicado neste sábado no Diário Oficial do Município.

Já a partir de segunda-feira (15), ficam proibidas a realização de atividades presenciais em escolas de idiomas, de esportes, música, arte e cultura; cursos diversos e centros de treinamento; centro de formação de condutores e cursos preparatórios.

Os bares e restaurantes deverão fechar as portas e só poderão atender via delivery, drive-thru, assim, fica proibida a retirada de pedidos no local. Além disso, os carros de lanches também ficarão proibidos de funcionar.

Nas padarias e lanchonetes fica vedado o consumo no local e o horário de expediente será das 5h as 22h. No caso do comércio varejista de laticínios e frios, açougue e peixaria, hortifrutigranjeiros, minimercados, mercearias, armazéns, supermercados e hipermercados, o horário de funcionamento será das 7h as 22h.

Já as lojas de conveniência em postos de gasolina só poderão funcionar de segunda a sexta-feira até as 18h. A realização de missas, cultos e demais celebrações religiosas presenciais ficam vedadas. Os espaços religiosos podem permanecer abertos, mas “desde que adotadas as medidas de prevenção ao contágio e contenção da propagação da covid-19 estabelecidas pelas autoridades de saúde.”

Segundo a prefeitura, as novas restrições são necessárias diante dos números registrados de casos de covid-19. Na sexta-feira (12), o boletim epidemiológico apontou que o índice de transmissão do vírus chegou a 1,25, o mais alto desde o início da pandemia. Isso quer dizer que a cada 100 infectados, mais 125 pessoas se tornam vítimas da doença.

A ocupação de leitos UTI chegou a 89,2% e leitos enfermaria 75,6%, ou seja, todos na faixa vermelha.

A prefeitura disse que o atendimento presencial ao público na Central de Relacionamento BH Resolve também será interrompido. A orientação é que a solicitação de serviços seja feita pelo aplicativo PBH APP ou no portal de serviços da prefeitura.

A prefeitura informou ainda que vai solicitar aos empresários e gestores que priorizem, quando possível, a atuação remota de seus funcionários, em especial para atividades de escritório.


Fonte:


Notícias relevantes: