Geral

Contrabando: em 2 anos Brasil apreende 114 milhões de maços de cigarro

Polícia Rodoviária Federal
Viaturas PRF
Crédito: Polícia Rodoviária Federal

Em dois anos o Programa Vigia apreendeu mais de 114,7 milhões de maços de cigarro contrabandeados, evitando prejuízo de mais de R$ 549 milhões aos cofres públicos. O Programa Nacional de Segurança nas Fronteiras e Divisas, Programa Vigia, do Ministério da Justiça e Segurança Pública completou dois anos em abril, e tem ação estratégica para o combate ao crime organizado e repressão aos crimes transnacionais em todas as regiões de fronteira e divisas do país.

Operação PRF
Operação da PRF - Polícia Rodoviária Federal

“Houve reforço e incremento de atuações na fronteira por parte da Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal e especialmente com a Secretaria de Operações Integradas, por meio da Coordenação-Geral de Fronteiras, com a criação do Programa Vigia”, diz nota do MJSP. 

Em um trabalho de fiscalização e controle das fronteiras brasileiras, a Policia Rodoviária Federal realizou no último dia 12 de abril uma operação que apreendeu 275 mil maços de cigarro de venda proibida no Brasil. A apreensão foi feita no município de Ji-Paraná, em Rondônia, e segundo o o motorista do caminhão, seguia para Jaru, no mesmo estado. Esta única apreensão teve carga apreendida no valor aproximado de R$1,3 milhões.

“A titulo de comparação com o ano passado, a  PRF em Rondônia apreendeu  281 mil maços de cigarros, ou seja essa ocorrência sozinha representa 98% dos resultados obtidos em 2020 ” explica Andrei Milton assessor de comunicação do Policia Rodoviária Federal.

Brasileiros com baixo poder de compra e um alto nível de dependência dos cigarros continuam injetando dinheiro no mercado ilegal. Segundo um pesquisa macroscópica realizada pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná Unioeste, foram analisadas 5 marcas de cigarros contrabandeados e vendidos no Paraná, sendo eles Classic, Bill, Hills. Euro Star. Com base no laudo da pesquisa é possível constatar a presença de materiais prejudiciais a saúde, como filamento plástico, fragmentos de insetos e fragmentos metálicos.

*Com supervisão de Aline Leal


Fonte:


Notícias relevantes: