Saúde

São Paulo registra 211 mortes por covid-19 em um dia

O estado de São Paulo registrou, hoje (23), o recorde no número de mortes causadas pela covid-19 em 24 horas: 211, um salto de 414% em relação aos 41 óbitos computados ontem (22). O estado contabiliza, agora, 1.345 mortes por coronavírus.

De acordo com o governo, a alta expressiva no número é explicada por um atraso, por parte das prefeituras, no registro das mortes no sistema do Centro de Vigilância Sanitária durante o último feriado prolongado. As notificações atrasadas, segundo o governo, acabaram entrando no sistema nas últimas 24 horas, e elevaram expressivamente o número.

"É um momento que eu aproveito para colocar para os municípios a importância da agilidade na notificação dos casos identificados, dos casos confirmados, para que o sistema estadual possa ser alimentado e atualizado adequadamente e a gente não tenha nenhuma discrepância de números", destacou o coordenador da Coordenadoria de Controle de Doenças da Secretaria de Estado da Saúde, Paulo Rossi Menezes.

Mortes

De 1º de abril até hoje, o número de óbitos nas cidades do interior, litoral e demais municípios da Grande São Paulo cresceu 21 vezes, saltando de um acumulado de 20 mortes até 1º de abril, para 433 óbitos até hoje. Na capital, no mesmo período, a concentração dos óbitos, em relação ao resto do estado, caiu de 87% para 67%.

Segundo dados do governo estadual, 114 cidades paulistas já registraram ao menos uma morte causada pela covid-19. O estado registrou, até hoje, 16.740 casos confirmados da doença, distribuídos em 256 municípios.

Ocupação de UTIs

A taxa de ocupação dos leitos para atendimentos em UTI no estado de São Paulo, destinados para o tratamento da covid-19, está em 55,3%, segundo o governo do estado. Na Grande São Paulo, no entanto, a taxa é de 74%.


Fonte:


Notícias relevantes: