Saúde

Crivella instala tomógrafo em bairro com 41 mortes por covid-19

Reprodução/Internet

Crédito: Reprodução/Internet

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo  Crivella, anunciou hoje (9), a instalação de mais um tomógrafo de alta precisão em áreas vulneráveis e que registram os maiores índices de casos confirmados de pacientes com infecção pelo novo coronavírus (covid-19). O equipamento foi instalado na Policlínica Guilherme da Silveira, em Bangu.

O bairro é o terceiro na capital fluminense em número de mortes pela doença, com 41 óbitos, ficando atrás de Copacabana, na zona sul, com 66 mortes e Campo Grande, também na zona oeste, com 56 vítimas. Crivella implantou ontem (8) o fechamento parcial no calçadão de Bangu, devido às aglomerações. Campo Grande, no dia anterior também teve o calçadão isolado parcialmente pela mesma razão.   

Diagnóstico precoce

Com a tomografia é possível ter o diagnóstico precoce da doença. E o investimento que a prefeitura faz em novos  equipamentos é uma ação inédita, que coloca o Rio de Janeiro entre os lugares no mundo com o maior número de tomógrafos novos e modernos à disposição da população na rede pública de saúde. 

De acordo com Crivella, “esses tomógrafos são máquinas de salvar vidas. Com o diagnóstico no início, os médicos poderão iniciar o tratamento necessário imediatamente. Isso é o mais importante para evitar óbitos e internações em UTI [unidade de terapia intensiva]”,  explicou. 

O prefeito disse ainda que hoje, em muitos lugares, quem apresenta baixo oxigênio ou sintomas mais graves, sem a tomografia, vai para casa e aguarda a agravação do caso.“ Com tomógrafo perto de casa, vamos ter leitos para que as essas pessoas possam ficar em observação e receber tratamento imediato”, disse Crivella.


Fonte:


Notícias relevantes: