Saúde

DF vai contratar empresa para montagem de hospitais de campanha

Warley de Andrade/TV Brasil
Hospital de Campanha (HCamp) de Águas Lindas (GO)
Crédito: Warley de Andrade/TV Brasil

O governo do Distrito Federal publicou nesta terça (16) no Diário Oficial o aviso de pregão eletrônico para contratação de empresa responsável pela locação e montagem de três hospitais de campanha para pacientes com covid-19. O investimento estimado é de cerca de R$ 7 milhões – por lote, pelo período de 180 dias – que resultarão em mais 300 leitos de UTI com suporte ventilatório pulmonar.

Os locais de montagem dos novos hospitais estão sendo definidos pela Secretaria de Saúde.

Por meio de ofício enviado à Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap), responsável pelo pregão, a pasta sugeriu dois espaços: o Centro Olímpico e Paralímpico do Gama, cidade localizada a 33 km do centro da capital federal e o ginásio da Escola Parque Anísio Teixeira, que fica em Ceilândia – distante 30 km da área central de Brasília – os espaços foram oferecidos pelas Secretarias de Esporte e Lazer e de Educação, respectivamente, mas ainda não estão certos.

Por determinação do governador Ibaneis Rocha, há uma recomendação para que o processo licitatório não demore mais do que 15 dias. “A ideia é montar as novas unidades no menor tempo possível, em função da urgência de novos leitos para atendimento dos pacientes graves infectados pelo novo coronavírus”, diz o governo em nota.

Na tarde desta segunda (15), a ocupação de leitos públicos exclusivos para pacientes com covid-19 subiu para 96%. A fila de pessoas aguardando por um leito era de 298. Desses, 233 com suspeita ou confirmação de infecção pelo novo coronavírus.


Fonte:


Notícias relevantes: