Saúde

Covid-19: prefeitura do Rio proíbe permanência nas praias

Tânia Rêgo
Quiosques das praias do Rio estão fechados em cumprimento ao decreto municipal. As novas restrições impostas pelo prefeito do Rio, Eduardo Paes, para tentar combater o avanço da Covid-19, entraram em vigor nesta sexta-feira(5), e vão se estender até a próxima quinta-feira(11), em um período inicial de teste.
Crédito: Tânia Rêgo

Um decreto da prefeitura do Rio de Janeiro proíbe, a partir de amanhã (20), a permanência nas areias das praias da cidade, como forma de evitar a propagação do novo coronavírus. Estão proibidos também banho de mar, o comércio nas areias e a prática de esportes.

No domingo, as pistas de rolamento da orla da zona sul, que costuma fechar parcialmente para lazer, permanecerão abertas, para evitar aglomeração nesses locais.

A prefeitura também decidiu proibir o estacionamento na orla, com exceção para moradores, idosos, portadores de necessidades especiais, hóspedes de hotéis e táxis.

Ônibus e outros veículos de fretamento estão proibidos no município, com exceção daqueles que prestam serviço a empresas e hotéis. A princípio, a medida vale até segunda-feira (22).

 


Fonte:


Notícias relevantes: